Alargamento da A4, entre Águas Santas e Ermesinde, já começou

A primeira fase das obras de alargamento do sublanço da autoestrada A4, na Maia, Porto, que implica a construção de um novo túnel em Águas Santas, deverá estar concluída em Maio de 2017.

Manuel Lamego, da comissão diretiva da Brisa, a concessionária da via, disse que o novo túnel, de 3,6 quilómetros, ficará a norte das duas galerias já existentes, terá quatro faixas de rodagem no sentido Amarante – Porto.

É um investimento de 13,5 milhões de euros. O valor já integra o projeto, a construção e as expropriações dos terrenos.

Os dois túneis já existentes vão ficar, depois, para a circulação no sentido Porto-Amarante, e também serão alvo de obras de reabilitação.

A segunda fase da obra, que implica o alargamento e beneficiação de duas para quatro vias do sublanço da A4 entre Águas Santas e Ermesinde, deve arrancar no verão de 2016 e estar concluída em 2018.

A4

Esta etapa representa um investimento estimado de 25,3 milhões de euros.

No total, a Brisa investe 40 milhões de euros nesta empreitada que obrigou ainda à construção de uma nova escola, à relocalização de um acampamento de famílias de etnia cigana, à demolição de uma passagem de peões e à execução das acessibilidades do viaduto da Granja, concluído em 1995, mas que nunca entrou em serviço.

A Câmara da Maia cedeu 12 parcelas para construção, tratou do levantamento, recenseamento e realojamento das pessoas do acampamento, elaborou os estudos e projetos da nova escola e habitações, num investimento de três milhões de euros.