Deputados do PSD vão fazer pergunta ao governo sobre linha do metro entre Maia e Muro

Metro no ISMAI

Emília Santos, a deputada da Maia eleita pelo PSD para a Assembleia da República, denunciou que “a 1 de março o governo de Portugal informou que os compromissos assumidos pelo seu antecessor em relação ao prolongamento da linha de metro entre o ISMAI (Maia) e a freguesia de Muro (Trofa) não seriam honrados. De forma inopinada e com uma argumentação improvável para governantes, o Estado português desmente… o próprio Estado Português”.

Uma atitude incompreensível para os deputados do PSD Porto, que, na última segunda-feira, reuniram com a administração da Metro do Porto. Na agenda estavam a anulação do contrato com a Transdev e a extensão da linha de metro entre o ISMAI e o Muro, Trofa. Os deputados afirmam que saíram do encontro com uma “mão cheia de nada”.

Emília Santos adianta, entretanto, que depois disto o Grupo Parlamentar do PSD vai fazer uma “pergunta ao Governo” para conhecer definitivamente a posição da tutela nesta matéria, isto é, para saber se “há ou não há vontade política para repor a justiça com esta população?”

30 milhões

Afinal de contas, prossegue a deputada social-democrata, “tudo o resto está assegurado, incluindo um financiamento comunitário no valor aproximado de 30 milhões de euros, a comparticipação dos municípios da Maia e da Trofa, no valor aproximado de dois milhões de euros, a previsão no orçamento da Metro do Porto da concretização desta obra, com um valor de 36 milhões de euros, cabendo à Metro do Porto SA, a comparticipação de cinco milhões de euros, correspondente a 15% da componente nacional…”

A deputada não compreende qual poderá ser “o racional” desta decisão política injusta para os milhares de pessoas da região, que diariamente circulam de e para Trofa, Santo Tirso, Vila do Conde, Famalicão e Maia.

Emília Santos critica o executivo, afirmando que “a sustentação da vontade política expressa pelo atual ministro do ambiente, a manter-se, é um filme no formato de curta-metragem”.