,

Emília Santos não se recandidata a deputada e continua como vereadora

Emília Santos

A vereadora da Educação e Ciência na Câmara da Maia vai continuar a desempenhar o seu cargo na autarquia, tendo optado por se dedicar em pleno, a partir de outubro, “a servir a Maia e os maiatos”.

Assim, Emília Santos, após completar o seu mandato como deputada na Assembleia da República (PSD), não se irá recandidatar a novo mandato.

Ainda assim, de acordo com a deputada, a concelhia da Maia do PSD, “numa atitude que muito me sensibilizou, questionou-me acerca da minha disponibilidade para ser proposta para a lista de candidatos ao distrito do Porto”. Mas, pelas razões já apontadas, a sua escolha recaiu sobre a Maia.

Emília Santos acrescentou que, quando assumiu funções de vereadora entendeu que se impunha, em simultâneo, “cumprir até ao fim o mandato como deputada à Assembleia da República, por duas razões: por respeito para com aqueles que me elegeram, mas também porque seria uma forma de ajudar a defender, no Parlamento, os interesses da Maia e dos maiatos”.

Legitimada pela decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto

Emília Santos irá prosseguir o mandato na Maia legitimada pela recente decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) do Porto.