Seis projetos da Maia em votação no Programa Bairro Feliz

Bairro Feliz

Há diversos projetos da comunidade maiata a serem submetidos à votação do público, através do novo Programa Bairro Feliz do Pingo Doce.

O novo Programa Bairro Feliz apoia causas de entidades locais ou de grupos de vizinhos que tenham como objetivo melhorar o bairro. Nesta altura já decorre a votação em três lojas do concelho e a causa mais votada receberá mil euros.

Na loja 5 de outubro, estão em votação os projetos “Taco a Taco, para uma Vida Ativa!” da Santa Casa da Misericórdia da Maia – Centro Comunitário de Vermoim/Sobreiro, com o objetivo de construir um Campo de Minigolfe no espaço exterior e ainda “O Som dos Livros” da Escola Dramática e Musical de Milheirós, que pretende criar um espaço para a criação de hábitos de leitura.

Na loja de Águas Santas encontram-se outras duas causas em votação: Centro de Cidadania Digital de Valongo pela Associação Para Inserção Por Centros Digitais De Informação (AICD) – CDI Portugal, que visa a utilização de ferramentas tecnológicas para as causas do bairro; e o projeto Camas Solidárias da Associação da Obras Sociais de São Vicente de Paulo, que pretende a aquisição de 2 camas articuladas elétricas para idosos.

E na loja Maia- Simão Bolívar, o público pode votar nas causas: “Entre na Roda, Capoeira é a nossa moda!” proposta pela Socialis, Associação de Solidariedade Social e que visa a aquisição de instrumentos para a prática de actividades de Capoeira para crianças em situação de vulnerabilidade social; e o projeto “Cortinas novas para os quartos do Lar” apresentado pelo Lar de Santo António, que tem o objetivo de adquirir novas cortinas para quartos dos idosos, substituindo as existentes com 22 anos.