,

Bombeiros de Moreira da Maia apoiados pelo projeto “Bairro Feliz”

Bombeiros de Moreira da Maia

Os bairros das lojas Pingo Doce já elegeram os vencedores do programa Bairro Feliz. Um dos projetos votado pelo público é dos Bombeiros de Moreira da Maia.

No passado dia 27 de julho, os mealheiros de votação foram pesados e assim apuradas as causas preferidas dos clientes para cada loja onde este programa decorreu. As causas vencedoras incluíram diferentes temas de atuação e foram inscritas tanto por instituições locais como por grupos de vizinhos que se uniram em prol do bem-estar do seu bairro.

Na Maia, as votações decorreram em três lojas: Águas Santas (onde também foi escolhido um projeto para Valongo); loja 5 de outubro e loja Maia- Simão Bolívar.

A votação do público elegeu como projetos vencedores: “O Som dos Livros” da Escola Dramática e Musical de Milheirós, que tem por objetivo a criação de um espaço para a criação de hábitos de leitura; “Cortinas novas para os quartos do Lar” apresentado pelo Lar de Santo António, que tem o objetivo de adquirir novas cortinas para quartos dos idosos, substituindo as existentes com 22 anos;

Centro de Cidadania Digital de Valongo pela Associação Para Inserção Por Centros Digitais De Informação (AICD) – CDI Portugal, que visa a utilização de ferramentas tecnológicas para as causas do bairro;

o projeto Camas Solidárias da Associação da Obras Sociais de São Vicente de Paulo, que pretende a aquisição de 2 camas articuladas elétricas para idosos; “Vamos proteger os Bombeiros”, que visa adquiri novos fatos de proteção para os Bombeiros Voluntários de Moreira da Maia.

“Vamos proteger os Bombeiros”, que visa adquiri novos fatos de proteção para os Bombeiros Voluntários de Moreira da Maia.

O novo programa do Pingo Doce tem como objetivo fortalecer o vínculo com as comunidades locais, promover uma relação mais próxima e ativa com o bairro, contribuindo para o bem-estar dos “Vizinhos”.

Recorde-se que o projeto-piloto arrancou em 49 lojas de 10 concelhos dos distritos do Porto e de Braga. Cada uma das lojas Pingo Doce aderente teve até 1.000€ para apoiar um projeto local.