,

Águas Santas vive festividade da Senhora de Guadalupe

O lugar do Paço, em Águas Santas, invoca o seu mais belo tesouro: Nossa Senhora de Guadalupe. À volta da sua bela capela, de relevante interesse artístico e significado religioso ímpar, ostentando belas pinturas da passagem de Nossa Senhora e o seu imponente órgão de tubos do início do século XIX, um mar de gente invoca Nossa Senhora de Guadalupe, entre 29 de agosto e 2 de setembro.

A Junta de Freguesia de Águas Santas é parceira na promoção da “valorização do património e costumes”, refere o presidente Miguel dos Santos, que acrescenta que a festa tem “elevada dimensão religiosa e cultura popular intensa”.

No primeiro dia, 29, participam na animação o Grupo de Cavaquinhos Nossa Senhora de Guadalupe e realiza-se o festival de danças organizado pelo Grupo Jacounce.

Na sexta-feira, dia 30, além das cerimónias religiosas, a noite contará com um concerto pela banda Expresso 86.

Para sábado, dia 31, está agendado, às 9h30, o X encontro de motas antigas de Guadalupe. A partir das 2045 realiza-se uma procissão de velas e, às 21h45, começa o XXXII Festival Nacional de Folclore, que fechará com o anfitrião Grupo de Danças e Cantares Nossa Senhora de Guadalupe.

No domingo, dia 1, às 8h00, entra nas ruas da freguesia a Banda de Música de S. Pedro da Cova, seguindo-se duas missas. A procissão sai para a rua às 17h30.

À noite, está programado mais um concerto animado pela Banda Sol Brilhante. Um dos trunfos musicais está reservado para a noite final, a 2 de setembro. Às 22h00, atuará o grupo Diapasão, sendo que a festividade encerra com o fogo de artifício, a partir das 23h30.

De referir que, inserida nestas festividades, tem lugar a XI FAG – Feira de Artesanato Guadalupe. O certame decorre de 30 de agosto a 2 de setembro.