Museu da Maia leva peças da Necrópole ao exterior

O Museu de História e Etnologia da Terra da Maia efetuou uma parceria com a Sonae e, neste âmbito, leva uma exposição até ao Maia Jardim, entre 2 e 23 de setembro.

A exposição gratuita pretende dar a conhecer um conjunto de imagens de alguns dos Bens Culturais pertencentes à coleção do Museu de História e Etnologia da Terra da Maia e pode ser visitada de segunda-feira a domingo, entre as 9h00 e as 23h00.

Esta coleção reúne um conjunto de imagens de peças cerâmicas, que cumpriam os rituais de enterramento dos mortos, pelo depósito das cinzas em pequenas urnas (vasos), juntamente com o espólio pessoal e o que estava associado à cerimónia.

Este espólio, proveniente da Necrópole da Forca, foi descoberto em 1947, aquando da construção do edifício da Sociedade Industrial do Castelo da Maia, relocalizada em 2004, durante os trabalhos de prospeção realizados para a Carta Arqueológica do concelho.

O Museu de História e Etnologia da Terra da Maia, situado na freguesia da Vila do Castelo da Maia, tem em depósito e em exposição parte do espólio dessa Necrópole – palavra de origem grega que quer dizer cidade dos mortos, ou seja, cemitério.

O Maia Jardim tem vindo a investir na diversificação de eventos culturais ou lúdicos para aumentar a oferta de experiências aos visitantes.