,

“500 Anos do Foral da Maia” pode ser vista até dezembro de 2021

 
O Museu de História e Etnologia da Terra da Maia inaugurou no dia 28 de setembro a exposição sobre “500 Anos do Foral da Maia” e que fica em permanência patente ao público até ao final de 2021.
O Museu associa-se desta forma às comemorações municipais da entrega do Foral à Maia no ano de 1519.

Um Foral é, sem sombra de dúvida, um dos documentos mais importantes, na definição da identidade de um território.

Outorgaram-se forais desde antes da independência de Portugal, ora por razões de defesa, ora para incentivar o povoamento, ora para reorganizar o território. Séculos passados, no final do reinado de D. João II, avolumam-se queixas que levariam a uma profunda reforma dos forais levada a cabo por D. Manuel I. O foral da Maia está entre os muitos que D. Manuel concedeu.

«Neste ano em que se assinalam os 500 anos da outorga do foral da Maia, entende a Câmara Municipal disponibilizar ao público uma exposição de longa duração (até 2021) sobre esta temática.

Esta exposição pretende levar o visitante numa viagem no tempo, desde o século XI até ao século XVI, contando a história dos forais e, particularmente, do foral da Maia, mas também a história do território maiato e das suas gentes», refere a autarquia.

A entrada na exposição é gratuita e a visita poderá ser feita de Terça a sábado, das 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.