,

Agrupamento de escolas do Castelo da Maia obtém Selo de Escola Saudável

O Agrupamento de Escolas do Castelo da Maia recebeu o Selo Escola Saudável de 2019.
A Direção-Geral de Educação certificou o Agrupamento do Castelo da Maia com o nível Avançado deste Selo (o mais elevado dos três níveis de escalonamento do Selo).

Uma certificação concedida quando “a escola se distingue como promotora ativa de estilos de vida saudável e do bem-estar como condição essencial para o sucesso”.

A Direção-Geral da Educação, no âmbito do Programa de Apoio à Promoção e Educação para a Saúde (PAPES), criou a distinção – Selo Escola Saudável – a conceder às escolas que integrem e assumam nas suas práticas quotidianas a promoção da saúde e do bem-estar da comunidade educativa.
Pretende-se, com a atribuição deste Selo, «continuar a reconhecer o mérito dos agrupamentos de escolas/escolas, que através das suas práticas contribuam para a promoção de relações interpessoais saudáveis, o envolvimento de toda a comunidade educativa e para uma imagem positiva da escola», refere a DGE.

Esta segunda edição do Selo de Escola Saudável será válida para os anos letivos 2019/20 e 2020/21.

Escolas como promotoras da Saúde

A Organização Mundial de Saúde (OMS, 1998) define Educação para a Saúde como “uma combinação de experiências de aprendizagem que tenham por objetivo ajudar os indivíduos e as comunidades a melhorar a sua saúde, através do aumento dos conhecimentos ou influenciando as suas atitudes”.

A Escola Promotora da Saúde (EPS) é, nesta perspetiva, aquela que fortalece sistematicamente a sua capacidade de criar um ambiente saudável para a aprendizagem. É, assim, um espaço em que todos os membros da comunidade escolar trabalham, em conjunto, para proporcionar aos alunos, professores e funcionários, vivências positivas que promovam e protejam a saúde. Caracteriza-se por uma abordagem integral e plena de toda a escola, ao nível da sua cultura, política e prática, o que determina a forma como vê e integra o aluno e a comunidade educativa.

Nesta segunda Edição, o Selo Escola Saudável é atribuído por níveis de certificação, desde o nível 1 de iniciação até um nível 3 de Avançado.
Este escalonamento foi uma forma que a DGE encontrou para incentivar as escolas a participar e a melhorar as suas práticas na implementação da Educação para a Saúde em meio escolar, tendo em vista o desenvolvimento e o reconhecimento de uma Escola Saudável.