Estatuto Editorial do Jornal “Primeira Mão”

 

O Jornal “Primeira Mão” é um jornal de informação local e regional, orientado por critérios jornalísticos de rigor, sem dependência de qualquer espécie para com o poder político, económico, ideológico ou religioso.

O Jornal “Primeira Mão” pretende fazer um jornalismo local e regional de qualidade, mas sem fronteiras mentais ou físicas de qualquer espécie.

O Jornal “Primeira Mão” pretende informar com seriedade, recusando o sensacionalismo e a intromissão na vida privada dos cidadãos, enquanto tal.

O Jornal “Primeira Mão” pretende apresentar uma informação diversificada, abrangente, sobre os mais diversos temas e assuntos que se considere merecerem ser noticiados.

O Jornal “Primeira Mão” não tem definidos assuntos prioritários ou estabelece hierarquias. A actualidade, a notícia e a informação estão sempre em primeiro lugar.

O Jornal “Primeira Mão” aposta num modelo gráfico atraente e dinâmico, aproveitando as capacidades técnicas e tecnológicas actuais e futuras.

O Jornal “Primeira Mão” tem opiniões próprias apenas veiculadas através de Editoriais ou Notas de Redacção. As opiniões dos colunistas, são da sua total responsabilidade. Mas o Jornal tem o direito de recusar publicar algum texto se considerar não se enquadrar dentro do seu Estatuto Editorial, Regras Deontológicas e Livro de Estilo.

O Jornal “Primeira Mão” tem apenas um interesse imediato, servir os leitores e a comunidade, através do seu objecto de intervenção, a informação.

O Jornal “Primeira Mão” orientará a sua actividade por critérios de responsabilidade, tolerância e pluralismo, no respeito pela identidade, pela liberdade e pelos direitos fundamentais do Homem, designadamente das comunidades que serve e onde está inserido.