,

Desafio internacional de bombeiros co-organizado pelos Bombeiros de Moreira

A prova internacional “survival firefighter challenge” realiza-se nos dias 11 e 12 de maio e vai reunir cerca de 300 bombeiros durante os dois dias em Vila Nova de Gaia.

Esta é uma organização conjunta dos Bombeiros de Moreira da Maia e de Valadares, com os apoios das duas Câmaras Municipais, da Maia e de Vila Nova de Gaia.

Bombeiros de cinco nacionalidades diferentes (vindos e Espanha, Grécia, Portugal, França e Bélgica) entrarão em competição, realizando testes de esforço, perícia e superação.

Esta será a segunda edição da prova internacional, “survival firefighter challenge”, organizada em conjunto pelos Bombeiros de Moreira da Maia e Bombeiros de Valadares, integrando-se ainda no 60º aniversário da RTP Porto.

O evento irá dividir-se em três momentos. No dia 11, realiza-se um seminário e workshop internacional, onde instrutores portugueses (Escola Nacional de Bombeiros), belgas (firefighter mayday program) e franceses (pafari) vão partilhar conhecimentos na área de sobrevivência em incêndios urbanos com 130 bombeiros.

No mesmo dia, realiza-se o “firefighter tower run”, onde 150 bombeiros devidamente equipados (aproximadamente 20kg extra) vão subir os 600 degraus da Torre Altice, no Monte da Virgem,o mais rapidamente possível.

No dia 12, terá lugar a prova-mãe, onde 100 bombeiros, em equipa, serão confrontados com um circuito técnico de salvamento, no qual o principal objetivo será realizar com sucesso um salvamento e, ao mesmo tempo, garantir uma correta gestão do ar, à medida que ultrapassam os 10 obstáculos do circuito.

Depois de concluído o circuito, as equipas vão realizar uma “prova de estafeta urbana”, com aproximadamente 1,5km, carregando uma vítima de 60kg.

O grande objetivo desta prova é desenvolver as competências técnicas, físicas e mentais dos bombeiros, que lhes permitam uma maior operacionalidade perante os cenários de risco com que são confrontados com frequência quase diária.