O regresso das Festas Ismaiatas (com áudio)

0
157

Está tudo a postos para a primeira edição das Monumentais Festas Ismaiatas. São já amanhã, dia 30 de Setembro, no bar Raça Latina, na Rua Simão Bolívar. A ideia surgiu durante uma conversa, no Verão, com o intuito de voltar a juntar “o pessoal do ISMAI”.

Vanda Pinto, um dos elementos da organização, recorda que há cerca de cinco anos ainda era hábito os estudantes do Instituto Superior da Maia se juntarem num determinado local. Para puro convívio e diversão. Esse hábito foi-se perdendo, mas os estudantes universitários querem fazê-lo renascer. Nesse sentido, as festas de amanhã deverão ser apenas as primeiras de iniciativas que poderão tornar-se regulares. Em princípio, mensalmente.

[audio:VANDA_ISMAI.mp3]

Reunido o consenso em torno do objectivo a que se propuseram, impunha-se encontrar o espaço ideal. Os estudantes do ISMAI queriam que fosse no concelho, “não querendo um sítio muito pequeno nem muito grande”. O bar nas traseiras do Centro Comercial Venepor agradou à organização e foi o eleito para esta que se pretende “uma festa académica”, adianta Vanda Pinto, “com muito bom gosto e bom ambiente”.

As honras de abertura cabem à Laurituna – Tuna feminina do ISMAI, seguindo-se os sons de Musk, com Pedro Maia a “pôr música também com um estilo mais académico”. Para garantir esse mesmo espírito, a organização quis juntar ao cartaz música mais popular, a cargo de José Malhoa.

[audio:FESTAS_ISMAIATAS.mp3]

Pelo meio, haverá ainda tempo para a “música de saltos altos” de Inês Ruivo.

A entrada para as Monumentais Festas Ismaiatas custa 2,50 euros para estudantes e cinco euros para o público em geral. Mas que sejam, maioritariamente, estudantes. As portas abrem às 23h00.

Marta Costa