7 Devaneios: “Aqui faz-se cultura”

0
208

“Abra a porta à cultura” foi o convite que fez à população o grupo de jovens que criou recentemente a 7 Devaneios – Associação Cultural. Foi este o convite para marcarem presença no auditório da Junta de Freguesia de Nogueira, no sábado à tarde, para a apresentação pública da associação. Apesar de ter sido uma apresentação informal, não escapou o pormenor de colocarem em palco uma porta… a mesma que abriram à cultura no arranque desta apresentação. Para dizerem “Aqui faz-se cultura”.

Quem abriu a porta foi Ana Leite, presidente da direcção, depois de um vídeo que pretendia mostrar aos presentes o porquê da criação desta associação cultural. No fundo, é o concretizar de um sonho de um grupo de jovens formados em diversas áreas. Desde a Gestão Cultural à Engenharia, passando pela História da Arte, Arquitectura e Educação. Os fundadores têm em comum o curso de Gestão do Património, na Escola Superior de Educação do Porto, altura em que quiseram dar corpo aos sonhos, com a realização dos “7 Pecados Patrimoniais”. Foram três dias de iniciativas culturais diversas, promovidas nos habituais palcos, mas também em espaços exteriores e públicos. Porque os sonhos não se esgotaram aí e porque, nessa altura, “os nossos devaneios nos levaram aos sete pecados”, recordou Ana Leite, surgiu a criação desta associação cultural, considerada “uma etapa fulcral” no percurso destes jovens.

No âmbito dos objectivos da 7 Devaneios, foi criada uma plataforma de discussão pública – disponível em – através da qual se pretende falar e discutir cultura por entenderem que “o caminho é educar e sensibilizar”, sublinhou Ana Leite. Ao mesmo tempo, será uma forma de “dar voz aos artistas e criadores que se sentem descontentes”:

[audio:BLOG_DEVANEIOS.mp3]

Até porque entendem os fundadores da associação que “as pessoas ainda não estão educadas e sensibilizadas para a cultura”, apesar de ser um processo que defendem arrancar “desde cedo” e de forma “informal”. Até para que a cultura deixe de ser considerado produto apenas para elites e chegue a todas as camadas da população. É esse contributo que quer dar a 7 Devaneios, adiantou Ana Leite:

[audio:DEVANEIOS.mp3]

A missão desta associação cultural passa pela realização de projectos culturais em áreas tão diversas como a Educação Patrimonial, Programação e Produção Cultural, Roteiros Culturais ou Relações Públicas. Além de Ana Leite e de Miguel Fonseca integram o grupo de fundadores da associaçãooo cultural Ana Luísa Teixeira, Mafalda Ortigosa, Margarida Carronda, Pedro Leite, João Martins, Madalena Pinheiro, Pedro Maia, Ana Moreira e Cristiana Moreira. Apesar de sedeada em Nogueira, esta 7 Devaneios não quer restringir-se à freguesia, nem mesmo ao concelho, tendo também nos seus objectivos a formalização de parcerias com diversas organizações, sejam culturais, autárquicas, educativas ou empresariais.

O anfitrião da apresentação pública da 7 Devaneios, Ilídio Carneiro, felicitou os fundadores e colaboradores da associação, considerando “muito bom ver gente jovem com esta dinâmica”. Por o reconhecer, o presidente da Junta de Freguesia de Nogueira anunciou para “breve” um protocolo para a cedência gratuita de um espaço da junta, desejando “que esta associação perdure no tempo e faça o que quer e o que deseja”.

Nesta informal apresentação pública, como fizeram questão de descrever os fundadores da associação, estiveram ainda presentes o vereador do pelouro da Juventude da Câmara Municipal da Maia, deputados socialistas na Assembleia Municipal da Maia e outros elementos do PS e da Juventude Socialista maiatos.

Marta Costa