A “paixão” da pintura em porcelana

0
188

Cumprindo a tradição de uma década, os alunos do atelier de pintura em porcelana da Goiarte voltam a exibir os seus trabalhos. E como é hábito, aproveitando o decorrer das festas concelhias em honra de Nossa Senhora do Bom Despacho.

Na loja do piso 1 do Centro Comercial Venepor estão expostas as obras pintadas ao longo do ano pelas alunas. Mostram o que valem e o que aprenderam, sobretudo ao nível da pintura impressionista de peças em porcelana.

O atelier é ministrado por Maria da Glória Ribeiro, proprietária da loja, e que pinta desde os oito anos de idade. Começou pelo óleo, acrílico, tecido e, mais tarde, a porcelana. Aí encontrou uma “paixão”, que considera “um mundo maravilhoso”. E porque não havia na Maia oferta de formação a este nível, avançou com a criação do atelier, na loja que possui ainda no centro comercial.

Neste atelier, que por norma funciona uma vez por semana, há alunas das mais variadas idades, desde a casa dos 30 até à faixa etária dos 70 anos e mais. Algumas já o frequentam desde que arrancou há dez anos. É o caso de Maria Sofia Carvalho, cuja aprendizagem da pintura começou no colégio que frequentou. Acabou por desligar-se desta arte quando se casou, só regressando quando ficou viúva e o filho lhe comprou material para pintar. Primeiro, com o acrílico, até que se apercebeu que já tinha “muitos quadros”. Nessa altura, recorda, “tentei pintar cerâmica”, mas “não fui capaz”. Acabou por ir de encontro a este atelier de pintura e porcelana e a paixão foi tão grande que deixou para trás o óleo e os acrílicos.

Também por paixão, frequentam este atelier Lurdes Correia e Rosa Oliveira, ambas de Oliveira de Azeméis, e que chegaram à Maia em Novembro do ano passado, por intermédio de uma amiga que já frequentava o atelier. Apesar de pintarem ambas há vários anos, na área das artes decorativas, “quando vimos esta achámos que não sabíamos nada”, confessou Lurdes Correia. A amiga Rosa Oliveira acrescentou que o intuito não é vender as peças, mas sim por prazer. “E cada vez temos mais necessidade de pintar. É um bichinho que está lá dentro”.

A exposição de pintura em porcelana pode ser apreciada até segunda-feira, dia 13 de Julho, data de encerramento das festas do concelho. As peças podem ser apreciadas todos os dias, entre as 15h e as 24h00.