Alunos da Maia ganham prémios no Concurso “No Poupar Está o Ganho”

0
350
Prémio No Poupar Está O Ganho
Prémio No Poupar Está O Ganho

A Fundação António Cupertino de Miranda e o júri do concurso “No Poupar Está o Ganho” decidiram entregar uma menção honrosa especial ao Município da Maia – Menção Honrosa de Excelência. Outros três prémios vão para os alunos das escolas que enviaram trabalhos para este concurso.

É a segunda vez que esta menção é atribuída no âmbito deste concurso nacional e a primeira no âmbito das Atividades de Enriquecimento Curricular (AEC). Esta distinção deveu-se ao fato de, apesar das dificuldades trazidas pela pandemia, todas as turmas das escolas participantes no projeto do Município da Maia terem apresentado trabalhos a concurso.

A reconhecida qualidade dos trabalhos dos alunos maiatos permitiu também à Maia “trazer para casa” o 3º lugar do 1º. Ciclo e ainda 2 menções honrosas.

Este concurso desenvolveu-se em 8 turmas de 8 escolas da Maia no âmbito da AEC de AGIR, onde o tema da Educação Financeira é uma aposta desde há mais de 5 anos letivos.

Além da turma do 4º ano da EB de Crestins, com a professora Mariana Mendes, que venceu, a nível nacional, o 3º lugar na categoria de “Melhor Trabalho” do 1º Ciclo, o júri atribuiu a “Menção Honrosa Apreensão de Conceitos” à turma do 4ºD da EB de Currais, com a professora Dulce Oliveira, e a “Menção Honrosa Replicabilidade” à turma do 4ºD da EB de Folgosa com a professora Ana Sofia Silva.

Além dos prémios e dos troféus para as Escolas e crianças, será entregue um Troféu ao Município da Maia.

Nas palavras de Maria Amélia Cupertino de Miranda, presidente do Conselho de Administração da Fundação António Cupertino de Miranda: “Não tenho dúvidas que o excelente  resultado alcançado, se deve ao empenho dos professores, que conseguiram ultrapassar as dificuldades trazidas pela Ppandemia e dar continuidade ao projeto, orientando à distância os seus alunos para apresentarem trabalhos no Concurso, mas também ao extraordinário trabalho desenvolvido pelo município da Maia”.