Artista maiato premiado ajuda os bombeiros com novo disco

0
289
- Publicidade -

O DJ português Overule edita esta quinta-feira “It’s Not Over”, o seu álbum de estreia, com parte das receitas das vendas a reverterem para os bombeiros portugueses.

“Com uma média anual de 150 espetáculos, Overule percorre constantemente Portugal de norte a sul, e acompanhou de perto a devastação causada pelos recentes fogos florestais. Os esforços dos Bombeiros Voluntários portugueses comoveram-no e levaram o DJ a decidir oferecer parte das receitas que angariar com a venda do disco”, refere o agenciamento do artista, num comunicado divulgado no domingo passado.

A notícia surge no dia em que se assinalam seis meses sobre o início de um incêndio no concelho de Pedrógão Grande, que alastrou a concelhos vizinhos, provocando 66 mortos e cerca de 250 feridos, sete dos quais graves, a destruição de meio milhar de casas e de quase 50 empresas.

O álbum de estreia de DJ Overule (Bruno Castro), com 13 anos de carreira, “simboliza um renascer”.
“Sinto que tudo o que conquistei até agora é apenas o começo de uma longa jornada. A capa do álbum [objetos ligados à atividade de DJ queimados, num terreno também ele queimado] simboliza isso mesmo, uma mensagem de esperança”, considerou o artista maiato.

“It’s Not Over” conta com a participação do norte-americano Zak Downtown, da britânica Rebecca Garton e dos portugueses Virgul, Grognation, Wet Bed Gang, Pedro Pode (S.Pedro e doismileoito) e Fábia Maia.

O disco, que será disponibilizado em todas as plataformas digitais e em formato físico, tem como ‘single’ de avanço “Só Vim Para Dançar”, com Pedro Pode.

DJ Overule (Bruno Castro) venceu em novembro o ‘Best Portuguese Act’ (Melhor Atuação Portuguesa) dos Prémios Europeus de Música (EMA, sigla em inglês) do canal de televisão MTV. Esta categoria, que distingue um artista local por cada canal regional da MTV, é votada pelo público.

Na altura, a MTV Portugal destacou que Bruno Castro é o “arquétipo do ‘self-made’ DJ — subiu a pulso, trabalhando muito de dia, para tocar muito de noite”.

A estação também destacou que Overule é “amplamente reconhecido como um dos melhores DJ portugueses e procurado por grandes clubes tanto na Europa como na América”.

- Publicidade -