“Uma cidade, seis lentes” revela ADN artístico da Maia

0
216
- Publicidade -

A exposição “One City, Six Lenses – Uma Cidade, Seis Lentes,” que foi inaugurada no passado dia 15, no Fórum da Maia (Centr’Arte), resulta de um dos projetos desenvolvidos pelos alunos do Colégio Novo da Maia, no âmbito do Projeto A+ 9ºano.

O Projeto A+ é uma nova aposta bilingue do Colégio, transversal aos diferentes ciclos de ensino, que visa proporcionar aos alunos uma experiência cooperativa projetual. Os alunos trabalham em grupos heterogéneos, por ano de ensino, orientados por vários professores de diferentes áreas disciplinares, com recurso a diferentes meios e tecnologias.

O tema para o arranque do projeto foi “O ADN da Maia”. No caso do 9º ano, o subtema foi “O gene artístico da Maia”. Assim, neste âmbito, pretendia-se que os alunos identificassem esse gene artístico, nas suas diferentes manifestações e que elaborassem um projeto pessoal criativo nessas premissas.

José Fradique, Maria Francisca Oliveira, Mário Beltrame, Matilde Dias, Pedro Guimarães e Vasco Martins são os seis alunos que constituem o grupo responsável pela Fotografia. Os jovens propuseram-se a investigar visualmente a perceção pessoal e artística de diferentes locais da cidade da Maia.

Munidos de vários equipamentos fotográficos, digitais e analógicos, os alunos realizaram o mesmo percurso em diferentes dias, registando os seus pontos de vista. Depois deste trabalho de campo, e incentivados pelos seus professores (Andreia Constante, Carla Capela, Pedro Azevedo e Pedro Fragoso), os alunos decidiram enviar uma proposta de exposição para o Fórum da Maia que, para sua surpresa, foi aceite pelo seu responsável, Rui Rodrigues.

«Esta exposição pretende mostrar a cidade da Maia pela mundividência de cada um deles», acrescenta Carla Capela, a porta-voz do projeto A+.

A exposição tem entrada gratuita até 14 de janeiro, de terça a domingo das 9h00 às 22h00.

- Publicidade -