Espantalhos à solta no Parque de Avioso (vídeo)

0
222

A VII Mostra de Espantalhos da Santa Casa da Misericórdia da Maia está, pelo segundo ano consecutivo, no Parque de Avioso. Até 31 de Agosto, os visitantes do parque poderão ver os espantalhos construídos pelos utentes das 22 valências sociais da Misericórdia da Maia, desde a infância à terceira idade.

O desporto foi o tema escolhido para a mostra deste ano. A iniciativa tem como objectivo, relembrar o passado, e por outro lado, promover o convívio entre gerações. “Toda uma comunidade está envolvida nisto, desde os utentes às técnicas, animadoras, e auxiliares”, sublinhava a provedora, Maria de Lurdes Maia, que não escondia o “orgulho e vaidade” no trabalho realizado. “São elas que têm a ideia, são elas que fazem a casa, que cuidam de todos deles. É uma forma bonita e agradável de trabalhar para a comunidade”, referia. E por esse facto, esta é uma iniciativa “para continuar”, garantia. Sempre com o intuito de promover o convívio entre os utentes das várias valências. Ainda recentemente, a colónia de férias juntou todas as crianças dos infantários da Misericórdia da Maia. Os idosos tiveram também a oportunidade de se encontrarem na primeira edição dos Jogos Tradicionais, que decorreram no Pavilhão Municipal de Nogueira. “Foi muito giro, e foi também uma ideia das nossas funcionárias”, elogiava Maria de Lurdes Maia. No que se refere a exposições, de sublinhar ainda a mostra de presépios que acontece por altura do Natal.

Nesta mostra, são 23 os espantalhos que se encontram espalhados pelo Parque de Avioso, até ao final de Agosto. Para a provedora, este é o local ideal para acolher a exposição. “Quando fazíamos no Lar Prof. Dr. Vieira de Carvalho, eram mais os utentes do lar que tinham a possibilidade de usufruir da exposição. Levar as crianças era mais difícil, porque os pais nem sempre podiam. Como o Parque de Avioso é visitado por muitíssima gente, já os meninos têm a possibilidade de vir com os pais a qualquer dia e a qualquer hora. Acho que é o espaço ideal”, justificava.

A cerimónia de inauguração decorreu na tarde de quarta-feira, e foi animada com a actuação da Tuna do Centro de Apoio à Terceira Idade de S. Mamede de Infesta. Contou ainda com a presença da vereadora da Acção Social, Ana Miguel. “Penso que estar num espaço como este, beneficia a própria exposição, porque possibilita que todos os visitantes deste bonito parque possam ver o trabalho realizado na Santa Casa da Misericórdia, pelos seus idosos e crianças. Isso é muito importante”, elogiava a vereadora.

Fernanda Alves