IV Encontro de Coros Infantis a 1 de dezembro

0
316
- Publicidade -

O Encontro de Coros Infantis volta a animar a Maia no próximo dia 1 de dezembro, a partir das 16h00. O Fórum da Maia vai ser o grande palco gratuito para a 4ª edição que reúne as melhores vozes de pequenos artistas, vindos de diferentes regiões do país.

O anfitrião neste evento de época natalícia é o Coro de Pequenos Cantores da Maia, que vai abrir a cortina para outros agrupamentos corais, para ouvir e apreciar vozes infantis que dão sempre o seu melhor num espetáculo encantador.

A edição de 2017 conta com as participações do Coral Infantil de Setúbal, do coro Pequenas Vozes de Febres – Cantanhede, do Coro Infanto-Juvenil de Vila Nova de Cerveira, além do anfitrião Pequenos Cantores da Maia.

Os Pequenos Cantores da Maia são medalhados municipais de Mérito Cultural Grau Ouro e fizeram o concerto de estreia a 1 de janeiro de 1992 e o Coral Infantil Municipal dos Pequenos Cantores da Maia foi fundado por iniciativa pessoal do Presidente da Câmara Municipal da Maia, Prof. Dr. José Vieira de Carvalho, no ano de 1991.

Em Dezembro de 2016 lançaram o duplo  álbum “25 anos 25 canções”, reunindo numa coletânea os seus melhores 25 êxitos originais.

O Coro Infanto-Juvenil de Vila Nova de Cerveira foi criado em março de 2013, por Cíntia Pereira com o intuito de fomentar o gosto pela música. De entre as várias apresentações a público destacam-se, sem dúvida, os espetáculos de “Tributo a Carlos Paião”, em julho de 2013, “Tributo aos ABBA” em junho de 2015 e “Tributo aos The Beatles” em julho do presente ano, o “25 de Abril a Cantar”, em abril de 2016 e “Portugal no Festival Eurovisão da Canção”, em julho de 2016, este último integrado no XI Aniversário do Aquamuseu do Rio Minho.

Em julho de 2015 este coro passou a fazer parte integrante da Pauta de Caprichos – Associação Musical de Vila Nova de Cerveira.

Pequenas Vozes de Febres surgiu inicialmente como “Coro infantil de Febres” a 16 de março de 2010, na altura, com 24 crianças. Atualmente, tem 55 elementos, cujas idades variam entre os 3 e os 17 anos. Realça-se também o apoio do Município de Cantanhede e dos pais e familiares nas apresentações do grupo.

Em 2012, o grupo lançou o seu primeiro CD, intitulado “Sonho de criança” e, em 2014, lançou o seu segundo álbum, com DVD incluído, “Asas do Sonho”. O grupo tem apostado, essencialmente, na música portuguesa. O Coral Infantil de Setúbal foi fundado em novembro de 1979.

Depois de muitas portas se terem fechado, houve uma que se abriu: a porta da “Stella-Maris”, instituição que acolheu o Coral até novembro de 1993, altura em que foi inaugurada a sede social. Concretiza-se, em 1996, a gravação do primeiro CD do Coral, sob a direção do Maestro Jorge Salgueiro. Trata-se do CD “enCANTAR” que apresenta uma vertente clássica de repertório sinfónico e uma vertente mais lúdica, com temas de filmes da Walt Disney.

Este CD é lançado no Concerto Comemorativo do 18º Aniversário do Coral, em 23 de novembro de 1997, no Fórum Municipal Luísa Todi.
Em 1999 o cargo de Maestro é assumido por Nuno Batalha.

- Publicidade -