Leais e Videirinhos está “vivinho da silva”

0
909

Toalha branca de renda na mesa de honra, arranjos de flores coloridas, cadeiras alinhadas. Foi assim que se enfeitou o auditório da Associação “Os Leais e Videirinhos de Pedrouços” para receber a sessão solene do seu 57º aniversário, na tarde do passado sábado. Como sempre, os convidados de honra hastearam as bandeiras e assistiram à já tradicional actuação da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Pedrouços.

A sessão solene ficou marcada por muitos elogios e agradecimentos efectuados pelos membros que compunham a mesa. Sobretudo, pelo presidente da direcção da associação, Alcino Campos, que aproveitou ainda para pedir ao presidente da Câmara Municipal da Maia uma ajuda para a compra de uma viatura. A associação dispõe apenas de uma carrinha velha, que custou cerca de 1800 euros, e precisa de outra viatura com melhores condições para transportar os elementos do grupo de teatro amador e os atletas.
O dirigente agradeceu ainda a ajuda dos restantes elementos da direcção, sobretudo ao seu vice, António Pedrosa, num ano em que não esteve tão presente como gostaria, devido a problemas familiares. Em jeito de balanço, 57 anos depois “conseguimos levar o barco a bom porto, e o Leais mantém-se vivinho da silva e sempre em pé”.

Ao “amigo” da colectividade, Bragança Fernandes, agradeceu o apoio concedido. “Sem a sua ajuda não estaríamos aqui reunidos neste auditório. É um grande homem, nunca deixaremos que deixe os paços do concelho”, salientou. Ao presidente da Junta de Freguesia de Pedrouços, Joaquim Araújo, o dirigente pediu para que continue ao lado das colectividades, porque “são elas que estão mais perto da população”. “Nós nas colectividades, sabemos as necessidades do povo, e pudemos dar conta dessas necessidades à câmara”, acrescentou.

Em resposta ao pedido de apoio do dirigente de “Os Leais e Videirinhos de Pedrouços”, para a compra de uma carrinha, Bragança Fernandes explicou que, com os cortes nos apoios do Estado é mais complicado gerir a autarquia. “Terá de haver um maior controlo da despesa”, disse. No entanto, “vamos ajudá-lo, com certeza, a minimizar os custos de aquisição da carrinha. Vou levar à câmara uma proposta para o ajudar a conseguir a carrinha para transportar os atletas”.

Joaquim Araújo, presidente da Junta de Freguesia de Pedrouços, congratulou a associação pela forma “carinhosa” como recebeu os convidados. Dando como exemplo a vitória conseguida no desfile do Animaia – Festival da Criança, em que as associações de pais das escolas EB1 da freguesia se uniram, Joaquim Araújo sugeriu que ao nível da cultura, as colectividades da freguesia “podiam também fazer o mesmo”.
A sessão solene de aniversário não contou com uma das presenças habituais, o presidente da Assembleia Municipal da Maia, Luciano Gomes. Em sua representação esteve Abílio de Sousa, ex-presidente da junta de freguesia. Pela Federação das Colectividades do Distrito do Porto esteve Rui Martins.

Fernanda Alves