Manuel Porfírio traz à Maia “Mão D’Obra”

0
312
- Publicidade -

De 12 de outubro a 4 de novembro, poderá visitar a exposição de Manuel Porfírio intitulada “Mão D’ Obra”, patente no Fórum da Maia / Centr’Arte.
A inauguração será às 21h30 de 12 de outubro, altura em que serão desvendados os trabalhos do artista plástico nascido no Porto em 1949.

Artista plástico, professor e investigador em ensino e educação artística e tecnológica, Manuel Porfírio inicia muito jovem a atividade artística expondo pela primeira vez, individualmente, na Cooperativa da Foz, Porto, em 1967.

Mantém uma presença e intervenção ativa, no campo das artes plásticas, entre 1969 e 1975, ano em que integrou (com o escultor Alberto Carneiro e o pintor Joaquim Vieira) a Comissão Consultiva para as Artes Plásticas, do Ministério da Comunicação Social em representação da Cooperativa Árvore, Porto.

Neste período desenvolve, com Sá Coutinho e Sobral Centeno um coletivo de criação e intervenção artística que realiza um programa sistemático e continuado de exposições acompanhado por debate sobre a dimensão social da arte.

Dos anos 80 à atualidade desenvolve uma intensa atividade de autoria de obras pedagógicas e didáticas no âmbito do ensino artístico e tecnológico, dirigidas ao ensino básico, secundário e superior.

Assim, os visitantes do Fórum da Maia poderão encontrar em “Mão D’ obra” é uma exposição constituída por três núcleos autónomos: Metamorfoses da Mão (Desenhos-objeto); Poéticas do Concreto. Em Torno da Abstração (Pinturas); À Procura da Verosimilhança no Desenho (Desenhos).
“Mão D’ obra” Integra ainda o desenvolvimento local do projeto de arte postal Rede Social criado especificamente para esta exposição.
A entrada é gratuita, de terça a domingo, das 9h00 às 22h00.

- Publicidade -