Músico da Maia acusado de plágio no Festival da Canção

0
354
foto de Facebook do cantor

Há mais uma bronca de plágio no Festival da Canção e envolve um cantor da Maia.

O jovem de 23 anos, Pedro Gonçalves foi um dos 20 autores escolhidos para compor uma música para o Festival da Canção, organizado pela RTP, mas agora está a ser acusado de plágio.

A canção, com letra e música do cantor, foi apresentada no passado dia 20 de janeiro e intitula-se ‘Não Vou Ficar’.

No entanto, foram vários os telespetadores que publicaram comentários identificando semelhanças do tema do maiato com a canção ‘Guilty Conscience’, da artista de hip-hop 070 Shake.

Os internautas denunciam semelhanças com a música e a letra da artista norte-americana.

‘Não Vou Ficar’ faz parte do alinhamento da segunda semifinal do Festival da Canção 2021.

Recorde-se que, em 2018, Diogo Piçarra desistiu do Festival da Canção depois de ter visto o tema que interpretou ser comparado a uma canção religiosa gravada e editada pela IURD.