Nasceu um espaço para combater a solidão dos mais idosos em Pedrouços (vídeo)

0
134

Foi a pensar no combate à solidão dos mais velhos que a Junta de Freguesia de Pedrouços inaugurou, esta terça-feira, um Centro de Convívio Sénior. Nasceu no antigo edifício da junta de freguesia, no Largo Conde Ferreira, tem capacidade para 20 utentes e todos os dias vai desenvolver iniciativas para manter os mais idosos activos.

Para além de alguns dos utentes, a inauguração contou ainda com a presença do presidente da Assembleia Municipal da Maia, Luciano Gomes, da vereadora da Acção Social, Ana Miguel Vieira de Carvalho e do vereador da Juventude e Desporto, Hernâni Ribeiro.

De acordo com o presidente da Junta de Freguesia de Pedrouços, Joaquim Araújo, a ideia de abrir um centro de convívio surgiu porque sentiram, no contacto, com a população, que era necessário combater a solidão. “Nós somos solicitados todos os dias para acompanhar casos difíceis de pessoas menos jovens, pessoas que os filhos vão trabalhar e eles ficam sozinhos”, justifica. E se não têm os filhos, “não têm quem lhes faça nada, nem quem lhes trate de nada que seja necessário”, acrescenta.
O centro de convívio, refere o autarca, vai ainda permitir dar alguma formação aos mais idosos porque “as pessoas têm dificuldades e vários níveis”. “Para além do convívio, vai permitir dar um certo acompanhamento ao longo de uma vida”.

No dia da inauguração já estavam inscritos 20 utentes, a capacidade máxima do centro. “Temos muita gente a querer entrar, mas está limitado ao espaço existente”.
As obras do edifício que “estava um bocadinho velho” foram suportadas pela junta de freguesia, que investiu cerca de 6 mil euros. “Isto foi feito de forma a tentar minimizar ao máximo os custos e acho que conseguimos, com o pouquinho que temos, fazer muito”, justifica. “Tentamos criar um espaço de convívio agradável e nós vamos fazer os possíveis para que os utentes se sintam aqui bem e confortáveis”, diz Joaquim Araújo.

Expressão dramática, estimulação cognitiva, actividade física, informática, jogos e música são algumas das actividades pensadas para manter a comunidade sénior de Pedrouços em movimento. Juntam-se ainda os tradicionais jogos de sueca, dominó, xadrez e damas.
E no Verão, ainda podem desfrutar do espaço exterior da casa, equipado com guarda-sóis, mesas e cadeiras.

As actividades vão ser orientadas por alguns técnicos de forma voluntária. A autarquia de Pedrouços decidiu fazer uma campanha para angariar voluntários. Têm também uma parceria com o projecto Lidador da Santa Casa da Misericórdia da Maia, “que têm sido uns bons parceiros desde que tomamos posse”. Falta-lhes apenas alguém que queira assumir a oficina de música.

Isabel Fernandes Moreira