O importante é aprender…

0
253
- Publicidade -

O maiaGO voltou a atrair as atenções dos jovens e menos jovens. Durante os dias 17 e 18 o Fórum da Maia preencheu o seu Grande Auditório com interessados nas intervenções inspiradoras para quem procura uma oportunidade no mercado de trabalho ou para aqueles que pretendem melhorar as suas competências de trabalho e ascensão numa carreira.

Foi notório o interesse de um público diversificado nas duas tarde de apresentações cativantes dos convidados do maiaGO, organizado pelo pelouro da Juventude da Câmara da Maia.

Esta 5ª edição da “Skills Conference” abordou as temáticas mais atuais e valorizadas pelo mercado de trabalho, tais como a inteligência emocional, psicologia positiva, design thinking, criatividade, linguagem não verbal, entre outras.

A primeira intervenção foi da oradora Rita Oliveira Pelica, uma entusiasta da formação ao longo da vida. Rita partiu do mote “aprender a aprender” para salientar a importância estarmos atentos ao que nos rodeia, tentar sempre aprender algo com os outros, pensando “fora da caixa”. É que, está provado cientificamente que, dada a “neuroplasticidade” do nosso cérebro, “podemos aprender todos os dias”. Então, porque desperdiçar todo um manancial de conhecimento que temos à nossa volta?

Tudo se treina

Seguiu-se Sara Palma Brito, consultora e formadora em Voz e Comunicação, que abordou mais a “forma e não tanto o conteúdo”.

Não só o tipo de voz, mas o timbre ou o tom, têm importância fulcral na forma como comunicamos e como a nossa mensagem é apercebida, bem como a reação que provoca. Para além disso, explicou a consultora, temos que ter em atenção quando nos apresentamos a alguém a segurança com que falamos. A respiração é a chave para controlar a voz e a forma como comunicamos, salientou. Para além de toda uma série de posturas corporais que assumimos, a chamada comunicação não verbal.

Esse conjunto de códigos fazem a imagem de nós próprios, que transmitimos aos outros. É um conjunto de competências que podemos treinar. Podemos pensar que não temos capacidade para falar em público ou para liderar, mas isso e muito mais pode ser treinado até conseguirmos os resultados que pretendemos. Tudo se treina, foi a grande mensagem deixada por Sara.

Óscar Branco, ator profissional, foi outro dos intervenientes nesta edição. Através da história da sua carreira de mais de 30 anos, o ator mostrou como é importante adaptarmo-nos à evolução das tecnologias, reinventarmo-nos, isto é, inovar e aprender todos os dias. Foi assim que Óscar Branco conseguiu a longevidade numa carreira de sucesso.

MaiaGO fomenta o autoconhecimento

No primeiro dia, o presidente da Câmara visitou, como é habitual, o Fórum e saudou os presentes, felicitando o pelouro da Juventude e o seu vereador Hernâni Ribeiro pela iniciativa.

A edição contou ainda com intervenções de Ricardo Pereira da Silva, marketeer, Rui Miguel Coelho, especialista em personal branding, e Jorge Sequeira, coach.

No dia 18, houve as intervenções dos especialistas em hipnose clínica Mário Lima e Adolfo Carvalho, Brenda Giuriolo, empreendedora, Paulo Morais, especialista em Marketing e Comunicação, Fernanda Ribeiro, atleta especialista em corridas de fundo e meio fundo, terminando com Alexandre Monteiro, especialista em decifrar pessoas, e Sérgio Almeida, CEO do Grupo Powercoaching.

A iniciativa pretende afirmar o autoconhecimento, clarificar e definir as mais-valias pessoais, apoiar a criação da proposta de valor e promover o encontro com o mercado de trabalho, independentemente da escolha de trabalhar por conta de outrem ou de criar o próprio posto de trabalho.

Angélica Santos

- Publicidade -