“Percursos Cruzados” trazem Sobral Centeno ao Fórum Maia

0
389
- Publicidade -

De 8 de abril a 21 de maio está patente no Centr’Arte do Fórum Maia a exposição “Percursos Cruzados” de Sobral Centeno.

A pintura deste portuense, licenciado em Artes Plásticas e docente do Instituto Politécnico do Porto (1987-2006) poderá ser apreciada de terça a domingo das 09h00 às 22h00, gratuitamente.

Sobral Centeno nasceu no Porto, em 1948, cidade onde vive e trabalha. Licenciado em Artes Plásticas (FBAUP), foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian (1983-1985).

Próximo do neo-expressionismo dos anos 1970, Sobral Centeno concentra na sua obra a energia e os fluxos axiológicos e estéticos desse movimento.

Desprendida de intencionalidade realista, a sua pintura não ignora a realidade das sociedades contemporâneas, mas reinterpreta-a através do filtro imagético europeu, africano e brasileiro, povoando as suas telas de símbolos como cruzes, serpentes, máscaras ou escadas. Estes elementos visuais destacam-se de um fundo integrador e denso em significados e extrapolações de ordem antropológica e de valor ironista.

As contingências que subjazem à sua linguagem pictural não restringem uma função delimitativa, antes servem de trampolim para novas convocações e para a aquisição de uma nova funcionalidade estética, correndo pelas distintas séries que integram o conjunto da sua obra.

A sua obra integra várias coleções nacionais e internacionais, destacando-se as seguintes: Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian (Portugal); Kunstmuseum Walter im Glaspalast (Alemanha); Shoes or No Shoes Musem (Bélgica); L ́ Unesco La Galerie d ́Art (França); Instituto de Arte Contemporânea (Brasil).

- Publicidade -