Porto Editora e Póvoa de Varzim homenageiam Luis Sepúlveda após um ano da sua morte

0
194
Foto de Miguel Pereira da Silva LUSA
- Publicidade -

O prémio literário criado pela Porto Editora e pelo Correntes D’Escritas em 2008, até agora designado Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes D’Escritas | Porto Editora, passa a ser denominado Prémio Literário Luis Sepúlveda.

Luis Sepúlveda faleceu a 16 de abril de 2020, vítima de COVID-19. Hoje, em homenagem ao escritor chileno, em reconhecimento pelo contributo ao estímulo à leitura junto dos mais novos, o Correntes D’Escritas e a Porto Editora anunciam que o prémio literário criado em 2008, até agora designado Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes D’Escritas | Porto Editora, passa a ser denominado Prémio Literário Luis Sepúlveda.

A proposta foi feita pela Porto Editora e imediatamente aceite pela organização do Correntes D’Escritas, onde Luis Sepúlveda era presença habitual e a quem foi dedicada a edição deste ano, realizada em fevereiro passado em formato online.

O objetivo é o de homenagear o escritor e o seu legado literário, reconhecendo o enorme contributo para o estímulo, nos mais novos, do gosto pelo livro e pela leitura, um propósito que está na origem do prémio literário. Obras como História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar, História de um gato e de um rato que se tornaram amigos e outras fábulas fazem parte do imaginário de várias gerações de leitores, estando inclusive reconhecidas e recomendadas no âmbito do Plano Nacional de Leitura.

De referir que, ao longo das 12 edições anteriores, este prémio mobilizou a participação de mais de 20 mil alunos, distinguindo centenas de crianças e dezenas de professores de todo o país.

Para a XIII edição do Prémio Literário Luis Sepúlveda, as escolas têm como data limite de entrega dos trabalhos o dia 3 de janeiro de 2022. Os vencedores serão anunciados durante a próxima edição do Correntes D’Escritas, na Póvoa de Varzim, que acontecerá de 21 a 24 de fevereiro de 2022.

- Publicidade -