Uivo na 9ª edição apresenta 32 artistas

0
312

A Câmara Municipal da Maia, através da Divisão da Cultura, promove, entre 6 de dezembro e 23 de fevereiro, a 9ª edição da UIVO – Mostra de Ilustração da Maia.

Com curadoria de Cláudia Melo, a exposição no Fórum da Maia, apresenta trabalhos de 32 artistas, nacionais e internacionais.  

O evento inclui também a 2ª edição da Uivinho – Mostra de Ilustração  Infantil da Maia, entre 1 e 29 de fevereiro na Biblioteca Municipal. A Uivinho inclui um programa de várias oficinas elaborado pelo Serviço Educativo.

A inauguração da Exposição Uivo realiza-se, no dia 6 de dezembro, no Fórum da Maia, às 21h30. 

Esta Mostra de Ilustração está integrada no programa de comemorações dos 500 anos do Foral da Maia. A ideia da curadoria propõe uma reflexão acerca da Ilustração e dos territórios.

A UIVO 9 conta ainda com um “Talk de Encerramento” com oradores nacionais e internacionais, agendado para 21 de fevereiro.

A 2ª edição da Uivinho – Mostra de Ilustração  Infantil da Maia, entre 1 e 29 de fevereiro na Biblioteca Municipal da Maia incluirá várias iniciativas: visitas-oficina de 2 horas para público geral e/ou famílias por ano, aos sábados e domingos; workshops de 2 horas para escolas do concelho; workshops para público sénior; conceção e distribuição de suporte para visitas autónomas.

Ilustrações e territórios

Nesta 9ª edição, a proposição curatorial, alude a uma prática de reflexão acerca do território, aqui considerado como lugar de vivência ilustrado.
A ilustração permite na sua dimensão estética e conceptual, hipóteses de trabalho descritivas, históricas ou realistas e/ou ficcionadas. Cada trabalho exposto, diferente na sua expressão e linguagem individual estará relacionado com o mesmo ponto de partida – “Como pode a ilustração pensar e representar um território – Como pode um território apropriar-se a ideia de ilustração?”

O Território toma aqui um sentido lato, círculo alargado, que se revela, apresenta e faz representar através de um pensamento-mapeamento: do lugar, da cidade, do espaço público ao espaço íntimo, do corpo, da mente, dos percursos, da tradição e alimento, das realidades espaciais ficcionadas, do passado presente e futuro, e por vezes do que antecede um devir. 

As propostas apresentam-se em diferentes expressões e materializações, como a ilustração digital, editorial, artística, gráfica, comercial, cartográfica, ..), e  tratam de  ilustração  e o território coletivo ou pessoal, entendido como lugar de vivência e de relação, feito de todos para todos, lugar inventivo em todas as dimensões (urbanística, arquitetónica, social, económica, política) através de uma noção não estática, de constante desafio, mas também de possibilitado  de viagens transformadoras.

Mais uma vez, a Mostra de ilustração da Maia, reflete, as ténues fronteiras  das categorias artísticas, que  aqui se tornam unas, pertencentes a um mesmo território –  O da Ilustração. Sem equívoco, apresentam-se trabalhos que dialogam entre ilustração e desenho, ilustração e multimédia, ilustração e arquitetura, ilustração e pintura , ilustração e instalação…

 
Artistas confirmados

Ana Aragão; Ana Luísa Garcia; Ana Seixas (Pato Lógico); Andrés Sandoval (Pato Lógico); Catarina Sobral (Pato Lógico); Clara Não; Cláudia Salgueiro; Daniel Moreira; David Penela; Elleonor; Fahr; Federico Babina; Francisco Laranjo; Joana Estrela; Jorge Garcia Pereira; José Miguel Cardoso; Júlio Dolbeth; Karen Lacroix; Kino; Leonor Violeta; Luís Cepa; Manuel Marsol (Pato Lógico); Mariana Malhão; Martinha Maia; Pedro Cavaco Leitão; Rodrigo Guedes Carvalho e Ana Duarte; Roger Ycaza (Pato Lógico); Rui Vitorino Santos; Sama; Sphiza; Susa Monteiro (Pato Lógico); Vasco Mourão.