Vila do Castelo da Maia em festa

0
171

José Malhoa é o cabeça-de-cartaz das Festas de Santo Ovídeo. E sobe ao palco no ano em que as festas da Vila da Castelo da Maia são retomadas, depois de um ano de interregno, para não deixar cair as tradições. Mas há muito mais no programa das festividades que abrange as cinco freguesias: Barca, Gemunde, Gondim, Santa Maria e S. Pedro de Avioso.

Amante das tradições, António Carneiro resolveu integrar a comissão de festas para 2009 por considerar que “estas são boas tradições” e que se devem “agarrar para que o futuro seja todos os dias melhor”. Exactamente para melhorar, este ano, as festas não duram três dias, como era habitual, mas sim seis. Arrancaram na terça-feira e prolongam-se até domingo.

No Mercado do Castelo está a funcionar um restaurante (a partir das 20h00) e um bar (a partir das 21h00), até porque foi o palco escolhido para os espectáculos musicais. Hoje, às 21h00, com o Grupo Coral “Alma Nova”. O conjunto musical “Santo André” é a proposta para a noite de sábado, com actuação marcada para as 21h30. No final, à meia-noite, há uma sessão de fogo de artifício.

Mas sábado é também dia de folclore no Castelo. A partir das 16h00, um festival de ranchos folclóricos vai juntar cinco grupos, sendo dois oriundos da vila: Rancho Típico do Centro Social de S. Pedro de Avioso e Rancho Folclórico de S. Cosme de Gemunde. Juntam-se ainda o Grupo de Danças e Cantares de Vilar do Pinheiro, o Grupo Folclórico de S. Pedro de Cête e, da vizinha Espanha, o Grupo Danzas Tradicionais Veiga del Coton, da Corunha.

José Malhoa gratuito

No cartaz musical das Festas de Santo Ovídeo, há um nome que se destaca. Falamos de José Malhoa, que sobe ao palco no domingo à noite, a partir das 21h30. A escolha é justificada, em parte, com os custos reduzidos do espectáculo, já que o cantor vem gratuitamente, ficando a comissão de festas apenas com os encargos referentes à banda que o acompanha e às suas bailarinas.

Mas a festa volta a fazer-se, também, no Monte de Santo Ovídeo. Aqui se realiza, no domingo, a tradicional Missa Campal em Honra de Santo Ovídeo, a partir das 17h00, seguida da procissão. Adianta António Carneiro que poderá ser o momento da despedida do Padre Couto das paróquias de Santa Maria e S. Pedro de Avioso, por estar prestes a ser substituído por um novo pároco:

[audio:CAMPAL.mp3]

É também no Monte de Santo Ovídeo que são esperados, a partir das 8h00 de amanhã, alguns produtores na secular Feira das Cebolas.

Com um orçamento que ronda os 25 mil euros, a comissão de festas contou com apoios de diversas empresas e, em especial, a “boa vontade” das cinco juntas de freguesia e da Câmara Municipal da Maia, reconhece António Carneiro:

[audio:VONTADE.mp3]

Na organização, juntou-se o Sport Club Castelo da Maia. E assim nasce o 1º Torneio Quadrangular “Santo Ovídeo Castelo da Maia”, que arranca esta sexta-feira e tem a final agendada para domingo, ao final da tarde. Em prova estão o clube organizador, o FC Pedras Rubras, o FC Maia Lidador e ainda o SC Vilar do Pinheiro.

Marta Costa