Zoo da Maia encerrado até 29 de janeiro pelo menos

0
273
imagem de arquivo
- Publicidade -

Zoo da Maia está fechado até dia 29. A quebra de receita no ano passado superou os 200 mil euros. Como o Zoo é detido pela Junta da Cidade da Maia, o equipamento não tem acesso a apoios concedidos às empresas, pois as autarquias não são contempladas.

O Zoo da Maia está fechado até ao dia 29 de janeiro, pelo menos, tendo Olga Freire, a presidente da Junta da Cidade da Maia, adiantado à comunicação social que a ordem de fecho foi dada no início da semana passada, dia 12, mesmo antes de o confinamento decretado pelo governo a isso obrigar.

“Janeiro é um mês de receitas extremamente baixo e para acautelar não só os funcionários como os animais, pois tem que haver sempre alguém para tratar destes, e juntando a pequenas obras de manutenção que precisávamos de fazer, entendemos que era altura ideal para encerrar o Zoo”, informou Olga Freire.

Ainda assim, a presidente da Junta sublinha que nesta altura “mais importante do que ter o Zoo aberto é tê-lo aberto e que as pessoas o possam vir visitar”.

Apesar de ser uma atividade que tem que encerrar obrigatoriamente com o segundo confinamento, o Zoo sendo propriedade da Junta da Cidade da Maia não é contemplado com nenhuma medida de apoio como as que são concedidas às empresas. A presidente da Junta referiu que nem nos apoios da área do Turismo as Juntas de Freguesia podem aceder.

As quebras de receita são bem significativas, tendo Olga Freire informado que no ano passado o Zoo da Maia teve quebras de receita superiores a 200 mil euros. E todo este rombo nas contas fica à responsabilidade da Junta da Cidade da Maia.

Ouvir declarações de Olga Freire, presidente Junta Cidade da Maia

- Publicidade -