Zulmiro de Carvalho e Sobral Centeno expõem nos jardins da Fundação Gramaxo

0
430
- Publicidade -

A Fundação Gramaxo inaugurou, no passado dia 6 de janeiro, mais uma exposição situada no seu magnífico espaço que, muito mais do que um Jardim, é um verdadeiro local de inspiração.

Foi mais um dia de momentos especiais dedicados à Cultura, assentes na divulgação dos trabalhos de dois artistas contemporâneos, ambos com ligação à Maia: Zulmiro de Carvalho e Sobral Centeno.

Zulmiro de Carvalho foi co-autor do monumento erguido em homenagem à comunidade Maiata (vulgo Pirâmides) e tem também uma escultura no interior do Fórum, junto à receção; Sobral Centeno é o autor da tapeçaria do nosso Salão Nobre, no edifício dos Paços do concelho.

Agora, nos Jardins da Fundação Gramaxo, Zulmiro de Carvalho optou por uma peça em aço corten, que simboliza as margens do Rio Douro, rio que historicamente facilitou a navegação dos Cruzados, que, por sua vez, Sobral Centeno retrata numa magnífica tela com cerca de 3 metros de comprimento, com toda a cor e demais elementos figurativos que caracterizam a sua pintura.

As duas peças vão estar expostas até março e podem ser vistas das 10h00 às 17h00, uma vez que, por decisão de Fátima Gramaxo, este espaço está desde Julho do ano passado aberto diariamente ao público, podendo ser fruído por todos quantos o queiram visitar.

Fundação Gramaxo prepara a nova sede com Siza Vieira

É mais uma iniciativa de Fátima Gramaxo, já batizada pelo presidente da Câmara, António Silva Tiago, como uma “espécie de Dona Antónia do Douro na Maia”, por ser uma mulher empreendedora e com muito potencial.

Recorde-se que a Fundação Gramaxo tem prevista a construção da sede com um projeto do Arquiteto Siza Vieira. A obra deverá ficar concluída em 2019. No Verão do ano passado, na apresentação do projeto, Fátima Gramaxo apontou que seria o ano ideal para associar aos 500 anos de foral da Maia entregue por D. Manuel I.

A Fundação Gramaxo vai investir dois milhões de euros na globalidade do projeto da nova sede e jardim, que já é colocado à disposição da população. O novo edifício contemplará espaço de exposições permanentes para a coleção de arte da família, área de exposições temporárias, um auditório com cerca de 100 lugares e locais de lazer.

- Publicidade -