A “negra” nunca é do Castelo

0
848

O Castelo na Maia parece estar numa maré de azar na Divisão A1. Depois das derrotas por 3-2 frente a Benfica e Sporting de Espinho, os castelenses voltaram a perder na negra contra um candidatos ao título. Entretanto, num jogo em atraso, venceram o Leixões.

Os comandados de Rui Pedro Silva começaram mal a semana. Na recepção ao Vitória de Guimarães, queriam virar a maré de derrotas pela margem mínima mas, ironia do destino, perderam de novo da mesma forma.
O primeiro set foi equilibrado, acabando por sorrir aos visitantes por 31-33. O Castelo, tal como em jogos anteriores, deu a volta ao resultado com um duplo 25-18. No entanto, os vimaranenses empataram o jogo com um trunfo por 18-25 e acabaram por ser mais felizes na “negra” ao venceram por 11-15, fechando o jogo em 2-3.

Entretanto, a meia da semana, os comandados de Rui Pedro Silva cumpririam um jogo em atraso frente ao Leixões, em Matosinhos, que tinha sido adiado por falta de policiamento. Os castelenses não deram qualquer hipótese e venceram por 1-3, com parciais de 35-33, 19-25, 18-25 e 18-25.
O Castelo segurou assim o 4º posto da classificação, com 39 pontos, menos oito que o líder Benfica.
Na Divisão A2 de Seniores Femininos, as meninas do Castelo regressaram às vitórias. Na deslocação a Coimbra para enfrentar a Académica, as castelenses conseguiram vencer por 1-3, com parciais de 19-25, 23-25, 25-14 e 23-25.

As maiatas mantêm-se bem classificadas na tabela, uma vez que são 3ª com 26 pontos, apenas menos quatro que o líder Lusófona e menos um que o Boavista.
Este fim-de-semana há mais voleibol no Castelo da Maia. Já amanhã, às 17h00, os comandados de Rui Pedro Silva recebem o Vilacondense. No domingo, às 15h00, é a Vez das meninas receberem o Grupo Dramático e Sportivo de Cascais.

André Cordeiro