Académica da Maia-ISMAI: Campanha ambiciosa

0
205

A Académica da Maia-ISMAI está a realizar uma campanha de bom nível em 2010/2011. Os maiatos só perderam uma vez, estão na liderança da Zona Norte da 2ª Divisão com o apuramento para a Fase Final quase garantido e irão jogar com o Benfica nos quartos-de final da Taça.

O treinador da Académica, Paulo Sá, mostra-se “muito satisfeito com a prestação da equipa até ao momento”, até pelo nível exibicional apresentado: “Tivemos uma série de jogos com qualidade, inclusive na Taça, onde nos permitiu chegar aos quartos-de-final, e lideramos a Zona Norte. Além disso, apresentamos uma qualidade de jogo muito boa que tem subido desde o início, o que nos permite ter ambições para o que resta da temporada”.

A qualidade evidenciada pela equipa também inviabiliza qualquer modificação no plantel: “Não há reforços nenhuns. Queremos manter apenas os níveis de trabalho para conseguirmos ter a mesma prestação. As vitórias têm-nos permitido rodar a equipa e utilizar toda a gente até porque, devido à intensidade que pomos no jogo, somos mesmo obrigados a fazer isso”, revela Paulo Sá.

O sorteio da Taça não foi muito “meigo” com os maiatos. Nos quartos-de-final a Académica da Maia-ISMAI visita o Benfica, no próximo dia 5 de Fevereiro, às 15h00. Paulo Sá é ambicioso mas sem deixar de ser realista: “Gostaríamos muito de estar nas meias-finais. Sabemos as dificuldades de jogar com o Benfica, ainda por cima fora de casa. No entanto, entramos em todos os jogos para vencer. Temos menos possibilidades mas podemos surpreender. Estamos a dirigir a preparação para esse jogo e só depois pensaremos na Fase Final”, conta o técnico maiato. Este é um reencontro. As duas equipas defrontaram-se para a Taça em 2009.

Na Zona Norte da 2ª Divisão, a Académica tem o primeiro jogo de 2011 agendado já para amanhã, às 17h30 no Municipal da Maia frente ao Alvaium. Apesar de ainda faltarem cinco jogos para o final da Fase Regular, Paulo Sá quer assegurar a presença na fase decisiva o quanto antes: “O objectivo passa por garantir a qualificação matemática para a Fase Final o mais rápido possível. Estado lá, e sabendo do nosso valor, queremos terminar nos dois primeiros lugares para subir de divisão”, finaliza o treinador dos maiatos.

André Cordeiro