No ano em que o Acro Clube da Maia tem carimbado o passaporte para Tóquio, através do apuramento da ginasta Filipa Martins (Ginástica Artística Feminina) para os Jogos Olímpicos, a agenda dita já para o próximo dia 11, sábado, a realização da tradicional Gala de Reis.

O evento é já uma tradição do ACM, que levará a efeito no Complexo Municipal de Ginástica da Maia, às 21h00, um espetáculo com objetivo solidário.

Tal como tem acontecido em anos anteriores, o ACM vai recolher o resultado da venda da totalidade dos bilhetes de entrada na Gala de Reis para entregar a uma instituição Social. Este ano vai beneficiar a “A Causa da Criança”, com sede em Vila Nova da Telha.

Os bilhetes têm um valor de 5 euros e estão à venda em acrostore.pt e nas secretarias do clube (Artgym e CMGM). No dia do evento, a partir das 20h00 também poderão ser adquiridos no próprio Complexo Municipal de Ginástica.

Anos de trabalho com resultados de topo

O treinador Lourenço França esteve recentemente no espaço de “Revista de Imprensa” da RTP e aproveitou para salientar o grande trabalho que se tem feito no Acro Clube da Maia e que começa a mostrar resultados bastante visíveis e impulsionadores do clube e dos seus atletas ao mais alto nível.

De acordo com o treinador, são 15 anos de “trabalho de um conjunto de pessoas, uma equipa de treinadores, uma equipa diretiva, que ao longo dos últimos anos tem conseguido impulsionar a ginástica, pelo menos no Norte do país, mas penso que em todo o Portugal”.

O Acro Clube da Maia nasceu em 2004 e desde então que os seus ginastas têm presença constante nos campeonatos da Europa e do Mundo. Em 15 anos já conta com mais de 100 campeões nacionais de ginástica e dezenas de medalhas em Mundiais e Europeus. Destaca-se este ano o apuramento olímpico para os Jogos de Tóquio em Ginástica Artística Feminina.

O apuramento foi conseguido por Filipa Martins nos últimos campeonatos do Mundo, graças a “um trabalho que se prolongou por bastante tempo. É já uma conquista à partida e que deixa toda a equipa do Acro Clube da Maia e a todo o concelho maiato muito felizes”, declarou o treinador.

Lourenço França foi também recentemente distinguido como treinador do Ano pela Federação Portuguesa de Ginástica. A propósito afirmou que se sentia “muito honrado, pois é uma distinção entre pares. É a própria Federação que elege e para o qual nós não trabalhamos, é impossível fazê-lo. O prémio deixa-nos a todos lisonjeados, sobretudo a esta equipa técnica responsável por este trabalho. É uma decisão da Federação que nos deixa felizes”.