Águas Santas tem razões para celebrar no final da época de Andebol

0
483
Equipa de Juvenis
- Publicidade -

A Associação Atlética de Águas Santas recebeu, no penúltimo fim de semana, o troféu de Campeão Nacional de Juvenis masculinos da 1ª Divisão de Andebol. As medalhas e o troféu foram entregues logo após o último jogo da fase final do Campeonato Nacional de Juvenis Masculinos da 1ª Divisão. Foi no domingo, 12, em Lisboa, após o embate com o Sporting, que não foi favorável à equipa maiata.

 
O título já tinha ficado assegurado no jogo no dia de Portugal, com o Benfica, na penúltima jornada de apuramento. E os Juvenis de Águas Santas receberam o troféu pelas mãos da presidente da Associação de Andebol de Lisboa, Ana Maria Cabral.
Vladimir Cveticanin, treinador da equipa, resumiu assim o jogo da conquista: “correu-nos na perfeição”. O jogo com o Benfica, disse, “foi decisivo e, até certo ponto, espelho do nosso trabalho”. Para o técnico, “as principais figuras dessa obra são os jogadores. Tivemos alguns percalços até chegar aqui, mas hoje cumpriram quase tudo o que foi combinado e acabamos em glória. Para eles, só tenho estas palavras: estão de parabéns. Tenho que agradecer-lhes tudo o que fizeram nesta época, porque foram os principais obreiros desta vitória e deste título para a nossa Atlética”.

 
Joaquim Carvalho, o presidente da Associação Atlética de Águas Santas afirmou que é muito “reconfortante” conseguir bons resultados e títulos em quase todos os escalões da formação. Os Iniciados já se sagraram campeões no fim de semana anterior, após jogo com o Sporting. Na mesma ocasião, os Juniores tornaram-se vice-campeões, ficando atrás de uma equipa grande, como o Benfica.
No Encontro Nacional, em fase concentrada em Braga, no fim de semana seguinte (17 e 18), estiveram em competição os Infantis, e também os mais pequenos fizeram a festa como vencedores.

 
Este tem sido um trabalho consecutivo ao longo dos anos. Já no ano passado tínhamos apurado todas as equipas da formação para as fases finais e não tínhamos conseguido título algum. Este ano, voltamos a apurar todas e, felizmente, conseguimos os títulos. Estamos satisfeitos por conseguirmos ter esta felicidade de coroar o trabalho com títulos・ manifestou Joaquim Carvalho assim o seu contentamento.
O trabalho dos atletas desde muito cedo, entram no clube aos seis ou sete anos, faz com que eles cresçam com “uma grande identificação com o clube” e vão conseguindo competências ao enfrentarem grandes clubes como Benfica, Sporting ou ABC.

 

Esta experiência dá uma “grande identificação” com a AAA Santas e possibilita um crescimento como atletas fundamental para conseguir um bom plantel para os Seniores, explicou o presidente da associação, tendo em conta que não existe “orçamento para competir no mercado para comprar atletas como os grandes clubes”. Por isso, esta escola é fundamental e nela reside a base de cerca de metade do plantel Sénior do AAA Santas.

 
Joaquim Carvalho referiu que a Câmara Municipal e várias empresas do concelho são apoiantes e patrocinadores importantes, embora nem sempre seja possível conseguir verbas para todas as representações em que a associação gostaria de estar.

 
A Associação Atlética de Águas Santas não atingiu na época desportiva 2015/2016 a qualificação para uma prova Europeia por mérito desportivo. Mas, no passado dia 7, através de ofício da Federação de Andebol, foi endereçado o convite para substituir o Madeira SAD na Challenge Cup 2016/2017.

 
A direção do clube desenvolveu todos os esforços possíveis junto de patrocinadores e entidades oficiais para poder responder afirmativamente a mais este desafio. “Infelizmente, o clube não foi capaz de reunir as condições financeiras para participar na referida prova sem colocar em causa compromissos futuros já assumidos”.
Angélica Santos

- Publicidade -