Andebol: Câmara e Federação assinam protocolo (vídeo)

0
192

A Câmara Municipal da Maia, pelo presidente Bragança Fernandes, e a Federação de Andebol de Portugal, pelo presidente Henrique Torrinha Cardoso, assinaram um protocolo de dois anos, com possibilidade de prolongá-lo por igual período de tempo, com vista a uma maior implementação da modalidade nas Actividades Extra-Curriculares leccionadas nas EB1 do concelho nos próximos anos.

Este protocolo, assinado na passada terça-feira na Sala D. Pedro IV dos Paços do Concelho, compromete as duas entidades a colaboraram no sentido de desenvolverem acções de propaganda do andebol, acções de formação para os docentes de Educação Física, elaborara e calendarizar actividades durante o ano lectivo e da criação de centros de Mini-Andebol.

O presidente da Federação, Henrique Cardoso, considera este protocolo “fundamental para a iniciação” mas o objectivo primordial não é um crescimento do número de praticantes: “É verdade que o número tem crescido, mas essa não uma preocupação. Na federação temos dois tipo de associados: os federados e os inscritos. Estes últimos são precisamente o alvo deste protocolo, que ainda não iniciaram a prática competitiva. É a conjugação dos dois grupos permite sermos cada vez maiores e melhores”.
Henrique Cardoso deixou ainda elogios aos clubes maiatos de andebol. “A Maia é um exemplo até porque percebe bem o que queremos. Já temos protocolos com o Águas Santas e o Maiastars mas sentimos a necessidade de ir mais abaixo para que quando cheguem aos clubes estejam melhor preparados”, concluiu o presidente da Federação de Andebol de Portugal.

Já Hernâni Ribeiro, vereador do Desporto da Câmara Municipal da Maia, afirma que o andebol “tem uma grande tradição na Maia”, e refere que este protocolo é importante para as crianças e para os clubes: “Inicia na modalidade os jovens de todas as EB1 do concelho, algo que é benéfico para os clubes no futuro porque poderão ver aqui uma oportunidade de prospecção”.

Hernâni Ribeiro afirma ainda que “é necessário desenvolver este esforço nas modalidades amadoras” e também elogia os clubes de andebol do concelho: “Já temos dois centros de formação na Maia, um no masculino (Águas Santas e outro no feminino (Maiastars), o que demonstra o prestigio que estas colectividades têm no panorama nacional”, terminou o vereado maiato.

André Cordeiro