Arrebola Setas agora na Maia

0
80

Além do Estádio Darts, há mais uma equipa da Maia a disputar a primeira divisão do campeonato distrital da Associação de Setas do Porto (ASP). Chama-se Os Arrebola Setas, nome conhecido da competição em épocas anteriores. Na época 2008/2009, foram campeões da segunda divisão e terminaram as finais nacionais, disputadas nas Caldas da rainha, em quinto lugar.

Este ano, a equipa transferiu-se de Ermesinde para as Terras do Lidador, quando ficou “sem um espaço para jogar”, justifica o capitão, Márcio Alves. Os 11 elementos que a compõem, sendo três do sexo feminino, treinam e competem na Rua Jorge Ferreirinha, em Vermoim. Têm entre 26 e 46 anos. Em relação à equipa que estava em Ermesinde na última temporada, entraram dois novos jogadores.

Decorridas nove jornadas do campeonato, Os Arrebola Setas têm oscilado entre o terceiro e o quinto lugar da tabela, somando apenas três derrotas em nove partidas. O percurso corresponde aos objectivos do clube, que passam por terminar a época “acima de, pelo menos, o quinto lugar”, adianta o capitão, embora reconhecendo que “não é fácil jogar só com a primeira divisão” porque são adversários com “um nível de jogo diferente”.

Mas Os Arrebola Setas estão também a disputar a taça da ASP. Na primeira mão da primeira eliminatória, na última semana, derrotaram, em casa, os Refugidardos por 17-4 que, não sendo uma equipa fácil, Márcio Alves considera ter sido “acessível” Assim, “bastam cinco jogos para passar à fase seguinte”, conclui o capitão da equipa da Maia.

A outra equipa do concelho em prova, o Estádio Darts, disputou a primeira mão em casa do Clube de Setas Piri-Piri mas teve pior sorte, acabando por perder por 17-3. O futuro na prova depende agora da segunda mão desta primeira eliminatória da Taça da Associação de Setas do Porto, marcada para quarta-feira, dia 20 de Janeiro.

Marta Costa