Arsenal de Parada imbatível em casa

0
100

O Arsenal de Parada está a começar bem o campeonato de futsal da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto. Os maiatos estão imbatíveis em casa e têm um dos melhores ataques da competição.

No último fim-de-semana, o Arsenal de Parada recebeu o GDC Santo António Grijó e venceu por uns esclarecedores 9-4, no Pavilhão Municipal do Formigueiro, em Águas Santas, onde contam por vitórias os três jogos realizados, ao contrário do que acontece fora, onde foram derrotados nas duas deslocações, ao AR Lever e aos Leões Valboenses.

Na classificação, os maiatos ocupam a terceira posição, com nove pontos, os mesmos do Lever, e já estão a seis pontos dos GDC Cohaemato, que só tem vitórias, e a três dos Leões Valboenses.

O vice-presidente do clube, Pedro Araújo, diz que “a classificação podia ser melhor” e explica porquê: “Os dois jogos que perdemos foram fora, pela margem mínima, e penso que estavam perfeitamente ao nosso alcance. Tivemos alguma falta de sorte e no jogo do Lever, o segundo golo é falta nítida sobre o guarda-redes. Mas são coisas que acontecem. Estamos em crescendo de forma e se continuarmos assim aproximamo-nos dos nossos objectivos que passam por terminar nos dois primeiros lugares e subir de divisão. No entanto, temos que pensar jogo a jogo”.

O Arsenal de Parada é ainda o quinto melhor ataque, com 22 golos. Pedro Araújo acha que a produtividade pode ainda ser maior: “É um aspecto bom, mas penso que com o decorrer dos jogos a produtividade ofensiva vai aumentar porque irá haver maior entrosamento entre os jogadores. Entraram novos jogadores, experientes, e quando a equipa estiver melhor consolidada irá haver mais golos”.

Os maiatos voltam a jogar amanhã, às 18h15, quando se deslocaram ao Pavilhão da Escola Francisco Torrinha, no Porto, para defrontar o penúltimo classificado Cafetaria do Ouro. Pedro Araújo alerta para o valor do adversário, mas aponta para a vitória: “Ainda não vi o Cafetaria do Ouro jogar esta época. No entanto, pelo que conhecemos dos embates que tivemos noutros anos, sabemos que é uma equipa aguerrida e difícil de bater, mas tudo vamos fazer para alcançarmos a primeira vitória fora de portas e iniciarmos uma sequência de vitórias consecutivas”.

André Cordeiro