Atletas de boccia “imbatíveis” em Alenquer

0
864

A Taça do Mundo de boccia é agora a meta de Pedro da Clara. Desde que entre os dias 10 e 12 de Junho consiga “manter o nível” que tem demonstrado nas provas em que já competiu esta época. Na memória mais recente fica a fase final do Campeonato Nacional, disputada a 21 e 22 de Maio, em Alenquer. Confessa o atleta maiato do desporto adaptado do FC Porto que foi “um dos melhores campeonatos” em que já participou. A nível individual, mas também por equipas.

Individualmente, Pedro da Clara apenas foi superado por Domingos Vieira, do Sporting Clube de Braga (SC Braga), com quem perdeu o primeiro jogo, por 1-6. Seguiu-se, na competição, a vitória pelos expressivos 8-1 frente a Susana Barroso, da Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral (APPC) de Lisboa. Também da capital, Nuno Guerreiro conseguiu bater o maiato por 1-5. As restantes duas partidas disputadas em Alenquer traduziram-se em triunfos para o atleta do FC Porto. Um pela margem mínima de 5-4, sobre Fernando Pereira (APPC Porto) e, por último, os 7-2 do jogo disputado com Hélder Mestre (Lisboa).

Os resultados das partidas não foram suficientes para definir a classificação individual deste campeonato, tendo sido “determinante a diferença de pontos dos atletas para definir as respectivas posições”, explicou Pedro da Clara. Só não precisou dessa contabilidade Domingos Vieira, já que triunfou em todos os jogos.

A somar a esta prestação na competição individual, Pedro da Clara esteve ainda em prova na vertente colectiva. O trio Pedro da Clara, Manuel Lopes e Carla Oliveira carimbou em Alenquer “uma prestação fantástica”, ao vencer os três jogos diante das duplas da APPC Porto, APPC Lisboa e SC Braga. “Fomos imbatíveis”, salienta Pedro da Clara, concluindo que “o objectivo foi claramente cumprido mais uma vez!”.

Marta Costa