Basket invade ruas de Barca (vídeo)

0
190

No passado fim-de-semana não foram só veículos e transeuntes que circularam nas ruas de Barca. As tabelas e bolas de basquetebol também marcaram presença junto à igreja barcarense. A 4ª edição do torneio Paulo Ramos, em street basket, trouxe crianças e jovens às ruas da freguesia maiata.
O presidente da Juventude Barcarense, Daniel Monteiro, disse que o torneio “nasceu para assinalar a morte do nosso associado Paulo Ramos, que faleceu há quatro anos na escola do Castelo da Maia”. No entanto, esta não foi a única razão: “A ideia foi também promover o basquetebol, que é um desporto sobre o qual as crianças sabem pouco das regras”, afirmou Daniel Monteiro.

O presidente da associação organizadora da iniciativa realçou a dificuldade “de fazer chegar o basquetebol aos jovens” e falou numa estagnação do número de participantes: “No primeiro ano ainda houve muita gente, talvez por ser o ano logo a seguir ao falecimento. A partir daí ainda não conseguimos igualar. Temos sempre cinco ou seis inscrições de equipas”, afirmou Daniel Monteiro
O primeiro dia do evento, sexta-feira, foi dedicado às crianças. Os mais pequenos, vindos das escolas, passaram o dia a recriar-se e a aprender mais sobre o basquetebol, nomeadamente a vertente de rua.

No sábado e domingo teve lugar a vertente competitiva, com as seis equipas inscritas. Os vencedores levaram uma réplica do troféu Paulo Ramos e, pela primeira vez desde a criação do evento, um prémio monetário de 150 euros.

André Cordeiro