Boa participação manchada por queda

0
183

A participação da Maia-Bike Team na 28ª edição do Grande Prémio do Minho terminou com um sabor amargo após a queda de Flávio Gomes na terceira e última etapa, com partida de Guimarães e chegada ao alto da Penha, em 140 quilómetros de prova.
Após o sétimo posto de Casimiro Oliveira na segunda tirada que ligou Valença a Barcelos – 154 quilómetros – a terceira e última etapa da competição minhota reservava a sua jornada de decisões para o alto da Penha.
A Maia-Bike Team, já desfalcada de um dos seus chefes-de-fila – Fábio Palma esteve ausente da prova para realizar exames escolares – apostou em Flávio Gomes, mas o ciclista maiato caiu com gravidade a meio da prova, depois da passagem por Fafe, ao quilómetro 103.

A queda ocorrida em alta velocidade impossibilitou-o de terminar a prova na qual era o melhor classificado maiato, na 28ª posição. Transportado ao hospital, os exames complementares diagnosticaram uma luxação e um tempo de paragem nunca inferior a seis semanas.

Com apenas três ciclistas em prova, coube a Sandro Pinto terminar a etapa na melhor classificação possível, o 31º lugar, a 4m24s do vencedor no alto da Penha, Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista).
Na classificação geral, que acabou conquistada por Ricardo Mestre (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), Sandro Pinto voltou a ser o melhor classificado da Maia-Bike Team com o 26º posto. Completaram ainda a prova Casimiro Oliveira (52º) e Pedro Fernandes (70º).

“Foi uma prova com diversas condicionantes e na qual a queda de Flávio Gomes afectou o desempenho da equipa até porque já partimos desfalcados do nosso chefe-de-fila, Fábio Palma. Em prova mostramos a nossa combatividade mas sofremos com o azar da queda de Flávio Gomes na última etapa. O Flávio estava motivado e era o nosso melhor ciclista na classificação. Devido à qued,a estará parado seis semanas. Será um ciclista que nos fará falta nas próximas competições já a começar no próximo fim-de-semana com a disputa dos Campeonatos Nacionais”, resumiu Paulo Couto, director-desportivo da Maia-Bike Team.

A Maia-Bike Team terminou ainda o 28º Prémio do Minho com Sandro Pinto como sexto melhor jovem em prova, ao passo que na classificação por equipas terminou no 10º posto.
O próximo compromisso da Maia-Bike Team começou ontem com a prova de contra-relógio individual sub-23, que marca a abertura dos Campeonatos Nacionais de estrada, a realizar até domingo, em Santa Maria da Feira. Na prova de contra-relógio, com 32.5 quilómetros, a Maia-Bike Team será representada por Fábio Palma e Sandro Pinto.