Castelo da Maia com deslocação à Foz

0
162

Cumprindo a 33º jornada da 1ª divisão, série 1, da Associação de Futebol do Porto (AFP), o Castelo da Maia desloca-se, este domingo, ao reduto do Foz. O objectivo está traçado e passa pela vitória. Este tem sido um objectivo que acompanhada o clube nas últimas jornadas, apesar de assegurada a manutenção. “Julgo que podemos ir lá disputar o jogo pelo jogo e joga de igual para igual”.
O Castelo da Maia parte para a penúltima jornada do campeonato na 13ª posição, somando 35 pontos. Os últimos três pontos foram amealhados, no passado fim-de-semana, em casa, onde golearam o Gulpilhares por 5-1.

Na recta final do campeonato, o técnico recorda que vão defrontar clubes que andam na mesma zona da tabela classificativa e que Santos Cardoso acredita que “são todos para ganhar”. “O grupo está motivado é sobre isso que temos conversado diariamente nos nossos treinos para tentarmos subir um bocadinho na tabela classificativa por uma questão de orgulho, de dignidade e queremos fazer bem as coisas, portanto, estamos super empenhados em ganhar os jogos que faltam”, sublinha o treinador do Castelo.

Santos Cardoso acredita recta final de campeonato tranquila. “Quando chegamos, houve ali uma fase que tivemos um bocado de receio, não sabíamos muito bem o que é que isto poderia dar, este é um plantel muito jovem, com uma média de 22 anos, e isto é um bocadinho complicado”. Mas não foi só com a tenra idade que se deparou o técnico do Castelo. Quando chegou, Santos Cardoso tinha uma série de atletas lesionados, que tiveram que ser recuperados. “Isto não foi mesmo fácil e nessa fase a equipa técnica teve um bocado de receio, embora conscientes que as coisas podiam ser viáveis, mas não tínhamos muita noção da realidade até porque estava noutra série”.

E desde que começou a trabalhar com os atletas percebeu que tinha condições para fazer jogos “agradáveis” e que iam conseguir levar a equipa a bom porto, “sem grandes apertos”.
O Castelo da Maia termina o campeonato em casa, no dia 1 de Maio, com a recepção ao Labruge, 12º classificado da tabela com 37 pontos.

Isabel Fernandes Moreira