Castelo da Maia Ginásio Clube: Melhor época dos últimos anos

0
176

O Castelo da Maia Ginásio Clube fez uma temporada 2009/2010 repleta de sucesso e objectivos atingidos. A equipa maiata de voleibol alcançou o quarto lugar no campeonato e venceu o Benfica na final da Taça de Portugal, arrecadando o troféu e vingando a derrota de 2007 na mesma final.

O treinador do Castelo da Maia, Alexandre Afonso, considera a época “muito positiva”, até pelos feitos que foram sendo alcançados: “Vencemos a Taça de Portugal contra uma equipa muito poderosa, como é o Benfica, batemo-nos com qualquer equipa do campeonato, inclusivamente vencemos todos os adversários em casa, e vendemos bastante cara a derrota nas meias-finais frente ao Sporting de Espinho”.
Os castelenses perderam frente ao Vitória de Guimarães na atribuição do 3º lugar da Divisão A1. Para Alexandre Afonso a vitória poderia ter pendido para qualquer um dos lados: “Tantos nós como o Vitória de Guimarães sentimos que foram jogos bastante fracos do ponto e vista técnico. Depois da eliminação nas meias-finais, e depois de termos ganho a Taça, os índices motivacionais dos jogadores foram um pouco abaixo”.

Em relação ao segredo do sucesso desta equipa, o treinador dos maiatos afirma ser o resultado da união “de um grupo que se entendeu muito bem com o facto de termos alguns dos melhores jogadores a nível nacional”, o que terá imposto algum respeito aos adversários: “Soubemos explorar os pontos fracos dos nossos oponentes. Isso aliado ao facto de sermos uma equipa unida e confiante, fez com que as equipas que vinham à Maia já soubessem que ia ser difícil bater o Castelo”, refere o técnico.

Sobre o seu futuro à frente do comando técnico dos castelenses, Alexandre Afonso diz que “há vontade minha e da Direcção para chegar à acordo, mas ainda nada de oficial”. A concretizar-se a continuidade, o treinador afirma-se preparado para perder alguns jogadores durante o defeso: “O preço a pagar por esta boa prestação durante a época é, provavelmente, não conseguir segurar os jogadores todos. Temos atletas que são pretendidos noutros clubes, e que irão ser aliciados, mas penso que o Castelo tem uma boa base para seguir com este projecto de sucesso e trazer mais êxitos para o clube”, finaliza Alexandre Afonso.

André Cordeiro