Castelo da Maia: Supertaça e Fase Final são as prioridades

0
274

O Castelo da Maia Ginásio Clube já está a preparar a nova temporada, mas apenas desde o início da semana passada. Os castelenses iniciam a época mais cedo que as outras equipas uma vez que disputam a Supertaça frente ao Sporting de Espinho.

Os objectivos para este ano são mais modestos devido às alterações no campeonato e à crise económica. Celestino Fonseca, presidente do Castelo, pede apenas a Fase Final. “Nós queremos sempre discutir os primeiros lugares e discutir a Fase Final. As alterações ditam que passem os seis primeiros a essa fase e depois os dois melhores vão à final. Nós tentaremos fazer o melhor possível. Este ano é tudo muito novo. Além disso, as outras equipas apostam muito nos estrangeiros”.

No plantel também há algumas alterações, a começar pela saída inesperada de Hugo Gaspar, uma das estrelas da equipa. “É a mudança mais significativa, é a ida do Gaspar para o Benfica. Para o substituir contratámos um argentino. Saíram também o Ewerton Almeida e o Ricardo Lima. Entraram o Fernando Mary e o Pascoal Martins, que vêm do Brasil, e o Diogo Cavaleiro do Vilacondense. Mantemos o João Malveiro, o Pedro Azenha, o Filipe Cruz, e o João Simões”, refere Celestino Fonseca.

A época tem o primeiro jogo oficial está marcado para 5 de Outubro frente ao campeão, Sporting de Espinho. Celestino Fonseca quer trazer mais um troféu para juntar à Taça de Portugal: “Vamos tentar começar a época com uma vitória. Além disso, há o dado curioso de serem as duas equipas com mais Supertaças no historial, quatro, e quem ganhar fica a ser clube com mais no país. No entanto, eles têm uma equipa nova, um treinador novo, o João Brenha, e por isso não será nada fácil”.

André Cordeiro