Castelo regressa às vitórias

0
140

O Castelo da Maia voltou a vencer nos nacionais de voleibol. Após uma derrota frente a um dos candidatos ao título, o Vitória de Guimarães, os castelenses alcançaram a terceira vitória da época.

Na Divisão A1 de Seniores Masculinos, o Castelo foi até ao Pavilhão do Esmoriz Ginásio Clube bater a equipa da casa por uns claros 3-0, com parciais de 20-25, 23-25 e 14-25.

Os jogadores castelenses subiram ao sexto lugar da classificação geral, com oito pontos em cinco jogos provenientes de três vitórias e duas derrotas. Na frente da tabela está o Benfica, com 12 pontos, que bateu o Vitória de Guimarães no Minho por 2-3 no duelo dos líderes, isolando-se no primeiro lugar.

O presidente do clube, Celestino Fonseca, mostrou-se relativamente satisfeito com a campanha da equipa esta época: “Claro que nunca ficamos contentes por ter derrotas, mas até agora estou satisfeito. A equipa está a começar a entrosar-se, como foi exemplo o último jogo, frente ao Esmoriz. Além disso, temos o Filipe Cruz lesionado, que é o líbero da equipa e um jogador muito importante”.

O dirigente castelense queixa-se ainda das deslocações aos terrenos emprestados de Vitória de Guimarães e Sporting de Espinho, onde foram derrotados: “Não jogámos propriamente em casa deles. Foram viagens cansativas e difíceis, tanto à Lousã, onde o pavilhão tinha poucas condições para a prática do voleibol, como a Montalegre. Além disso, essas equipas foram convidadas pelas Câmaras Municipais para fazerem lá o jogo e foram para lá um dia antes com tudo pago. Eu até já apresentei uma reclamação à federação porque parece que o castigado foi o Castelo”.

O próximo jogo dos comandados de Alexandre Afonso realiza-se amanhã, quando receberem a Associação Académica de Espinho no Pavilhão do Castelo da Maia, excepcionalmente às 11h15 devido à transmissão televisiva na SporTV 2.

O presidente do Castelo da Maia está confiante na vitória e apela à comparência do público: “Sabemos que A Académica de Espinho é uma equipa difícil, como mostraram frente ao Benfica, mas estamos confiantes na vitória. Gostava também que houvesse mais público no pavilhão a apoiar a nossa equipa. É um objectivo que eu tenho e apelo a todos que venham ver o Castelo jogar”.

O fim-de-semana voleibolistas ficou ainda marcado pelo falecimento, vítima de cancro, da ex-jogadora e capitã da Selecção Nacional de Voleibol Cristina Pereira. A ex-atleta, de 41 anos, passou por clubes como Leixões, Boavista e Castelo da Maia, onde coleccionou títulos e, juntamente com Maria José Schuller, fez ainda uma dupla de sucesso no voleibol de praia.

Celestino Fonseca fala numa perda para o desporto: “Já estávamos a par da situação. Era algo previsível, mas que nunca é bom. Não há muito a dizer. Respeitámos o minuto de silêncio nos jogos impostos pela Federação e ainda nos outros que se realizaram no nosso Pavilhão”, concluiu o presidente do Castelo da Maia.

André Cordeiro