CNM prepara campeonatos de Inverno

0
160

O Clube Fluvial Vilacondense foi a equipa vencedora do 10º Torneio Cidade da Maia, organizado no passado sábado pelo Clube de Natação da Maia (CNM), com o apoio da Associação de Natação do Norte de Portugal, Câmara Municipal da Maia e algumas empresas.

Pelas Piscinas Municipais de Águas Santas passaram ainda atletas da Associação Desportiva de Penafiel, Clube Fluvial Portuense, Clube Natação de Valongo, Náutico/Matobra, Clube de Propaganda da Natação, Lamas, FOCA-Felgueiras, Gespaços, Ginásio Clube Figueirense, Ginásio Clube de Santo Tirso, G.D.N. Vila Nova de Famalicão, Individual Norte de Portugal, Louletano Desportos Clube, Sporting Clube de Braga, Viana Natação Clube e Vitória Sport Clube de Guimarães.

Por equipas, o CNM terminou este torneio em sexto lugar, com 152 pontos (o vencedor somou 224) embora a presidente do clube considere que “não é um resultado que nos dê um indicador muito forte”. A posição de Eunice Lebre é justificada, por exemplo, com o facto da equipa não ter contado neste torneio com a participação da melhor nadadora do clube, que tem estado afastada da competição na sequência de uma intervenção cirúrgica.

Esta ausência é apenas um dos problemas que o CNM enfrenta esta época. Junta-se a saída de alguns nadadores para outras equipas “que oferecem melhores condições”, de que é exemplo o FC Porto. A este propósito, a directora do clube lamenta que “esteja a trabalhar para outros clubes”, embora reconhecendo que “é a lei da vida” e “vamos vivendo com os nadadores que temos, que são muito válidos”.

Assim, uma das opções do CNM tem passado por fazer rodar alguns dos mais novos atletas da equipa, no sentido de “tentar aferir o valor, neste momento” e assim se prepararem o melhor possível para os Campeonatos Regionais de Inverno que se aproximam. Neste torneio, “demonstraram que têm trabalhado bem, melhoraram alguns dos seus tempos e temos nadadores que, mesmo em provas com os mais velhos, já se sabem comportar como nadadores de craveira”. Concluindo, “estamos no bom caminho”, acredita a directora do CNM.

Além do sexto lugar por equipas, o clube maiato destacou-se com alguns nadadores, a nível individual, tendo conquistado três medalhas. Foram duas de ouro – ganhas por Luís Nobre Neto e Joana Marques Maia (200m bruços) – e uma de bronze – conquista de Cláudio Miguel Pinheiro (400m estilos).

Sobre os resultados conquistados a nível individual no torneio de sábado, Eunice Lebre reconhece que nem todos fizeram os tempos desejados, mas já “fazem antever uma excelente época de Inverno”. Antes disso, alguns nadadores do CNM participam nos dias 6 e 7 de Fevereiro no Meeting Internacional da Póvoa de Varzim. Seguem-se os campeonatos regionais, a disputar nas diferentes categorias, em que os atletas maiatos terão de fazer tempos que garantam a presença nos campeonatos nacionais.

Marta Costa