Correr com o Gonçalinho… à chuva

0
116

Mesmo debaixo de chuva, foram muitos os mais pequenos que "correram com o Gonçalinho" na manhã do passado sábado. O palco para as corridas foi a EB 2,3 do Levante, em Nogueira da Maia. Os aguaceiros não demoveram os alunos que frequentam o Programa de Actividades de Enriquecimento Curricular das diferentes escolas maiatas. Os mais novos começaram a chegar perto das 10h00, enquanto o tempo deixava de "castigar", ainda que por momentos, a actividade planeada: o meeting de corta-mato "Vem correr com o Gonçalinho", promovido pela Câmara Municipal da Maia.

Com pais e alunos reunidos no pavilhão da escola maiata, estava tudo pronto para a ordem de partida. A competição decorreu quase sem incidentes, com os Bombeiros Voluntários de Moreira a ter de intervir apenas por uma vez, para socorrer a queda de um mini-atleta logo após a partida, atraiçoado pelo piso escorregadio e pela muita chuva que teimava em cair, ainda que de forma intermitente. Tudo sob o olhar atento de Rui Silva, um dos atletas medalhados que apadrinha este meeting. O campeão europeu e medalhado olímpico nos 1500 metros destacou a "coragem e o empenho dos atletas, que não deixaram de participar mesmo quando as condições eram proibitivas para a prática do atletismo". Prova disso mesmo era o facto de "durante a volta de reconhecimento, eles queriam era correr e isso é sinal de que gostam daquilo que estão a fazer", acrescentou. E a pensar no empenho e dedicação dos mais novos, o campeão aconselhou os jovens atletas a "procurar algum local, algum clube perto do sítio onde moram para se iniciarem na prática desportiva". Além deste conselho, Rui Silva sublinhou que também é necessário "haver pouca pressa em crescer no desenvolvimento desportivo", porque "acima de tudo estão os estudos, e é esse o principal objectivo".

Objectivos que também passam pela promoção da boa saúde e do bem-estar dos maiatos mais jovens. O vereador da educação da Câmara da Maia, Nogueira dos Santos, garantiu que "é a praticar desporto desta forma é que vão ter a possibilidade de ter uma vida cada vez mais saudável". À semelhança de Rui Silva, salientou também o "espírito de competição" dos alunos maiatos, que "uma hora antes da prova, e mesmo com a chuva forte que caiu, já estavam a encher o pavilhão". Todas as provas são apadrinhadas por um atleta conhecido, com o intuito de "dar o exemplo para que as crianças possam aprender a correr e estar ao ar livre. Ter aqui atletas de alta competição é uma forma de estimular os mais novos a participar nestas actividades", revelou Nogueira dos Santos.

Sábado passado o Gonçalinho andou a correr não só no Levante, em Nogueira, mas também em Gueifães, na EB 2, 3 da freguesia. Aí, o padrinho da iniciativa foi o atleta de corta-mato José Regalo. Amanhã, as provas de corta-mato vão acontecer nas EB 2, 3 de Pedrouços e da Maia, apadrinhadas, respectivamente, por Jéssica Augusto e Fernanda Ribeiro. No dia 12 de Dezembro, é a vez de Castelo e Águas Santas receberem o Gonçalinho, com provas na EB 2, 3 do Castelo e Quinta da Pícua, com os padrinhos repetentes Rui Silva e Fernanda Ribeiro. Também a repetir o apadrinhamento vai estar José Regalo, na última prova do Gonçalinho, que vai ter lugar na EB 2, 3 Dr. Vieira de Carvalho, no dia 13 de Dezembro. Todas as provas arrancam às 9h00.