Exemplo de desportivismo a favor da ADR S. Pedro Fins

0
137

Nem tudo vai mal no futebol, em termos de comportamentos, porque ainda existem muitos exemplos de ‘fair-play’ e civilidade entre equipas adversárias, incluindo dos seus dirigentes.

Uma afirmação que vem a propósito do que se passou, no passado fim de semana, entre uma equipa da Maia, a Associação Desportiva e Recreativa de S. Pedro Fins, e um clube de Paredes, a União Sport Clube de Baltar.

A equipa de S. Pedro Fins, que compete na Associação de Futebol do Porto, veio publicamente na sua página de facebook elogiar a equipa de Baltar pela atitude que teve ao oferecer-se para transportar esta equipa adversária para a Cidade Desportiva de Paredes, onde se iriam defrontar, depois de os maiatos terem tido uma avaria no seu autocarro.

A ADR S. Pedro Fins encontrava-se a 13 quilómetros do espaço do jogo e a minutos do jogo, pelo que corria o risco de não chegar a tempo para entrar em campo.

A ADR S. Pedro Fins tinha encontro agendado com a USC Baltar a contar para a jornada 15, série I, da segunda divisão da Associação de Futebol do Porto.

O presidente da USC Baltar ao tomar conhecimento do que se estava a passar teve um gesto de desportivismo e enviou o autocarro da sua equipa para transportar a formação adversária para o local do jogo. Curiosamente a USC Baltar viria a ser derrotada por 3-1.

A direção da ADR S. Pedro Fins afirmou em comunicado que é «cada vez mais raro estas coisas acontecerem no futebol, mas a verdade é que o resultado final não foi o mais importante de tudo, ou seja, hoje, após o nosso autocarro ter avariado a cerca de 13 kms da cidade desportiva de Paredes, a solução para o problema de eventualmente não chegarmos a tempo da realização do encontro com a U S C Baltar, foi encontrada pelo nosso “adversário” ao oferecer o seu autocarro para resgatar a nossa equipa e todo o ‘staff’ e colocá-los na cidade desportiva de Paredes».

O responsável pela associação acrescentou que a simpatia não ficou por aqui e prolongou-se depois da partida de futebol: «como se tudo isto não fosse o suficiente para estarmos diante de um dos maiores exemplos que eu presenciei de ‘fair-play’, o presidente da USC Baltar ainda se disponibilizou, no final, para transportar alguns dos nossos atletas no seu próprio veículo para S. Pedro Fins, pois não tivemos carros particulares que chegassem para a viagem de regresso».

A direção de ADR S. Pedro Fins agradeceu à instituição USC Baltar e também a toda a equipa de arbitragem «liderada pelo Sr Sérgio Mesquita, que de uma forma calma e serena nos ajudou a entrar em jogo com a concentração necessária para desempenhar a nossa tarefa! Por tudo isto digo, ainda vale a pena andar no futebol».

Graças a este esforço e à vitória no jogo, a equipa de S. Pedro Fins conseguiu, no domingo passado, ascender ao 3º lugar da tabela classificativa.