Formação na Salto em parceria com Cirque du Soleil

0
323
- Publicidade -

Dois treinadores e o vice-presidente da companhia canadiana Cirque du Soleil, estiveram nas duas últimas semanas na SALTO –  International Circus School, nas instalações do Acro Clube da Maia, para um curso de formação de artes circenses.

A ação juntou mais de 20 artistas/ginastas russos, canadianos, israelitas, alemães e, claro, portugueses.

Este encontro é organizado anualmente pelo Cirque du Soleil e reúne acrobatas de todo o mundo. Até agora realizou-se sempre na Rússia, mas este ano teve lugar em Portugal, mais propriamente na  SALTO –  International Circus School.

A SALTO International Circus School é o projeto de formação mais recente do Acro Clube da Maia, uns dos clubes de ginástica mais importantes a nível internacional, fundado em 2004.

A escola SALTO é uma das primeiras entidades formadoras certificada na área do circo e foi criada para apoiar a aprendizagem das artes do circo, implementando programas de educação artística para todas as idades, níveis, experiência e formação profissional. O curso tem a duração de dois anos. Como escola profissional de qualidade do Norte de Portugal «defende uma pedagogia ética e ativa onde o circo promove a iniciativa, a autonomia e se torna uma ferramenta de diversidade, de socialização e de profissionalização», sob a direção de Tiago Maia.

Entretanto, a Salto tem vindo a divulgar o encaminhamento bem sucedido de alguns dos alunos finalistas da escola de circo. A última revelação foi relativa aos alunos Gabriel Dias e Bianca Lima, que foram aceites na ENACR – École Nationale Des Arts Du Cirque de Rosny, perto de Paris.

A escola está também a anunciar a segunda fase de admissões para o próximo ano letivo, cujas audições irão decorrer de 23 a 27 de julho. Os alunos poderão ter acesso a bolsas de formação.

- Publicidade -