Gripe A chegou ao Maia Lidador

0
201

A gripe A, doença que tem assustado o mundo inteiro, e já afectou milhões de pessoas pelo planeta fora, chegou ao futebol jovem maiato. Dois futebolistas da equipa de escolas do Maia Lidador, clube sucessor do Futebol Clube da Maia, foram infectados com a estirpe H1N1 e permanecem em quarentena, afectando assim os trabalhos da equipa e até do clube.

O director das equipas de formação do Maia Lidador, Rui Gomes, confirma a existência dos casos: “Há dois miúdos que se confirmou sofrerem de gripe A e mais três que ficaram em casa porque havia suspeitas mas que não se vieram a confirmar. Eram todos da equipa de escolas”.

Rui Gomes confirmou também o adiamento do jogo deste escalão no passado fim-de-semana: “Devido à existência destes dois casos e a suspeita, que depois não se confirmou, de mais três, cancelámos o jogo, participámos a situação à Associação de Futebol do Porto e à Câmara Municipal da Maia que procedeu ao encerramento das instalações para uma desinfecção. Até ao momento, e isto é difícil de prever, mas não temos notícia de mais nenhum caso e a equipa já deve jogar este fim-de-semana”.

O dirigente do Maia Lidador revelou ainda que “as equipas dos outros escalões não foram afectadas e continuam a treinar normalmente”, e que o escalão de escolas deverá ter regressado ao trabalho no dia de ontem, já depois do fecho desta edição: “Os miúdos daquela equipa ficaram em casa durante esta semana. Mas devem regressar em breve. Falei com o pai de uma das crianças afectadas, que me disse que o problema já estava ultrapassado e podia regressar à vida normal”.

André Cordeiro