Grupo Masculino do ACM abandona alta competição

0
334
quadra masc ACM_à direita_ Imapress/FGP
- Publicidade -

A Federação de Ginástica de Portugal emitiu um comunicado em que dá conta que , através do ACM (Acro Clube da Maia), tomou conhecimento de que o seu Grupo Masculino, composto pelos ginastas Henrique Silva, Miguel Silva, Henrique Piqueiro e João Pereira, decidiu terminar a sua carreira competitiva.

Este abandono deve-se ao facto de não terem conseguido obter o estatuto de Alto Rendimento Desportivo, impossibilitando a um dos elementos deste grupo ingressar no ensino superior na área do grande Porto.

A Federação de Ginástica de Portugal afirma na nota de imprensa que «lamenta profundamente este abandono precoce de quem tem demonstrado ao longo dos últimos anos pelos seus resultados a sua qualidade técnica a nível internacional, altamente reconhecida no seio da Ginástica Acrobática, principalmente neste período de preparação para o Campeonato da Europa, onde seriam candidatos a medalhas.

Conjugar uma carreira competitiva ao mais alto nível com os estudos não é uma tarefa fácil mas estes ginastas deram sempre o melhor em ambas as frentes. Com muito esforço e dedicação conseguiram levar Portugal aos lugares mais altos das tabelas classificativas».

Como referência aqui fica, de acordo com informação da Federação de Ginástica de Portugal, o palmarés deste grupo desde que iniciou a sua carreira:

2014 – Competição Mundial por Grupo de Idades em Juvenis – 5º Lugar
2015 – Competição Europeia por Grupo de Idades em Juniores – 3º Lugar
2016 – Competição Mundial por Grupo de Idades em Juniores – 3º Lugar
2017 – Campeonato da Europa Junior – 2º Lugar
2018 – Taças do Mundo – 4º lugar e 3º lugar
2018 – Campeonato do Mundo – 4 lugar 

Imagens de arquivo em anexo- créditos Imapress/FGP . 

- Publicidade -